Foto: Divulgação

Comédia do autor venezuelano Gustavo Ott, retrata o absurdo de situações cotidianas com características bem femininas.

A capacidade feminina de revelar seus segredos em um impressionante curto espaço de tempo para alguém que acabou de conhecer é o que permeia a peça de teatro Divorciadas, evangélicas e vegetarianas, que estréia hoje no Teatro Lala Schneider, em Curitiba.

Comédia do autor venezuelano Gustavo Ott, o espetáculo consegue retratar o absurdo de situações cotidianas com características marcadamente femininas. ?Nossa companhia de teatro teve uma identificação muito grande com o texto do Ott. Apesar de ter sido escrito há quase 20 anos, o texto é atual e consegue dialogar com o universo feminino sem partir de um ponto de vista machista?, avalia o diretor da peça, Cristóvão de Oliveira, da Alameda Cia. Teatral.

São três personagens, cada uma passando por uma fase de transição, embora em situações diversas. Elas passam por conflitos como retomar sonhos do passado antes do casamento e da gravidez; com o ?noivo? que na verdade é apenas um amante e prefere a esposa, e o desejo de sair de uma vida reprimida e viver situações que a religião nunca permitiu. Juntas, Beatriz, Meche e Glória passarão a dar um novo sentido ao valor da amizade.

Aliado ao tema, o grupo teatral uniu características de histórias em quadrinho, que já permeiam as produções da Alameda. ?A idéia foi transformar o ator em um boneco, que pressupõe um outro tipo de movimento e que remete aos quadrinhos, nos quais o olhar é mais amplo e tudo é mais expansivo?, explicou o diretor. A escolha para este espetáculo foi por um palco nu para enfatizar a força no texto. ?Esta opção também exige um trabalho muito grande do ator, já que não há muitos outros elementos para dialogar com o público?, reforçou.

Sem piadas prontas, é possível rir do início ao fim do espetáculo por conta da graça sutil que os atores conseguem passar ao público. Na sonoplastia, a escolha por canções do Beatles, interpretadas por Rita Lee, ditam o som da peça.

Serviço:

Divorciadas, evangélicas e vegetarianas. Teatro Lala Schneider. Até dia 16 às 21h e de 21 a 30 de março às 18h. Informações: (41) 9941-0363.