Se alguém na poltrona do avião, ao seu lado, der um sorriso de satisfação, verifique se não está com um livro na mão. Depois, verifique o título e veja se não é um com capa verde, meio grossinho. É capaz do livro em questão se chamar Melancia, bem-saudado romance da irlandesa Marian Keyes, em lançamento pela Editora Bertrand Brasil.

Dotado de humor excêntrico, segundo The New York Times Book Review, foi recebido pela escritora Nora Roberts como “um livro encantador”. A obra é um tanto autobiográfica. Marian Keyes, dependente de álcool por muitos anos, só alcançou sucesso quando decidiu parar de beber. Hoje é uma das autoras de maior sucesso na Inglaterra, tendo vendido a peso de ouro os direitos de publicação de seus livros para a Alemanha e os Estados Unidos. Atualmente com 39 anos, vive com o marido, Tom, com quem está casada desde 1995.

Melancia traz uma mulher como protagonista, que mantém o bom humor mesmo nos momentos mais adversos. Com 29 anos, uma filha recém-nascida e um marido que acabou de confessar um caso de mais de seis meses com a vizinha também casada, Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e os efeitos colaterais da gravidez.

Nada tendo em vista que a anime, Claire volta a morar com sua excêntrica família: duas irmãs, uma delas obcecada pelo oculto, e a outra, uma demolidora de corações; a mãe, viciada em telenovelas e com fobia de cozinha; e o pai, à beira de um ataque de nervos. Após passar alguns dias em depressão, bebendo e chorando, Claire decide avaliar os prós e contras de um casamento de três anos. É justamente nessa hora que James, seu ex-marido, reaparece. Claire irá recebê-lo, mas lhe reservará uma bela surpresa.

É de cinema

The Washington Post Book World reparou que Chegadas e Partidas traz “uma história ferozamente cômica que toca o coração”. Escrito por Annie Proulx, o romance foi agraciado com importantes prêmios, entre os quais o Pulitzer de 1994, e ganhou adaptação para o cinema, com direção do sueco Lasse Hallström, que dirigiu outros filmes de sucesso como Minha Vida de Cachorro (1985), Regras da Vida (1999) e Chocolate (2000). O elenco conta com Kevin Spacey, Cate Blanchett, Julianne Moore e Judi Dench.

Em relançamento pela Bertrand Brasil, Chegadas e Partidas relata o drama do jornalista Quoyle, que aos 36 anos é violentamente arrancado de seu cotidiano quando sua mulher de vida dupla resolve abandoná-lo.

Recolhe-se então com as duas filhas na casa de seus ancestrais, nas desoladas costas da Terranova, Canadá, onde toda uma gama de personagens locais participa de sua luta para retomar a vida. Com três gerações de sua família remendando novas vidas, Quoyle enfrenta seus próprios demônios – e as imprevisíveis forças da natureza e da sociedade -, começando a vislumbrar a possibilidade de um amor sem dor ou miséria.