Rodolfo de Freitas é Leonel
na novela Seus Olhos.

A beleza determinante na carreira de modelo também está influenciando os trabalhos de Rodolfo de Freitas como ator. Na tevê, ele não consegue se livrar de personagens jovens, bem-apessoados e com boa condição financeira.

Ele entrou na segunda fase da novela Seus Olhos, do SBT, e interpreta Leonel, um jovem empresário bem- sucedido, que tentará conquistar Flávia, vivida por Adriana Lodoño. “Flávia não quer se envolver, mas o tempo passa e eles se reencontram. Leonel será como um tufão na vida dela”, explica o ator, que foi surpreendido pelo convite para o papel.

Quando o SBT cogitou produzir a novela A Outra, Rodolfo fez um teste, mas a versão original acabou sendo exibida. “Um dia me ligaram e fui chamado para fazer Seus Olhos”, revela. O ator já atuou em outras duas novelas do SBT. Fez o sedutor Alberto em Marisol e, em Pícara Sonhadora, interpretou o “playboy” Frederico.

Rodolfo também fez a Oficina de Atores na Globo e participou de Uga Uga e de Malhação. Esse ano, o ator abriu uma produtora em São Paulo e já produziu seu primeiro curta-metragem O Mar Mais Longe que Eu Vejo, um drama psicológico em que ele também atuou. “É uma forma de estar produzindo na entressafra das novelas e de apostar em projetos que acredito”, explica Rodolfo, pai de João Luca de apenas três meses.

Nome:

Rodolfo de Freitas.

Nascimento:

Em 8 de fevereiro de 1975, em São Paulo.

Primeira aparição na tevê:

Em 2000, na novela Uga Uga, da Globo.

Ao que gosta de assistir na tevê:

“Ao GNT. Gosto de programas como Tudo é Possível e dos documentários.”

Ao que não assistira de jeito algum:

“Programas policiais que passam à tarde na tevê.”

O que gostaria que fosse reprisado:

“O quadro Brasil Total apresentado por Regina Casé.”

Atuação inesquecível:

Dan Stulbach, na peça Novas Diretrizes em Tempos de Paz.

Ator:

Benício Del Toro.

Atriz:

Charlize Theron.

Personalidade:

Ayrton Senna.

Com quem gostaria de contracenar:

Tony Ramos

Filme:

Invasões Bárbaras, de Denys Arcand.

Livro:

“Abusado”, de Caco Barcellos.

Música:

“Agora só estou ouvindo música de neném. Mas gosto muito de MPB, em especial, da Maria Rita”.

Qualidade:

“Sou uma pessoa feliz”.

Defeito:

“Preguiça”

Mania:

“De beber água”

Vexame:

“Acha que sou trouxa de contar?”

Projetos:

“Montar uma peça sobre paranóia e esquizofrenia e fazer mais curtas-metragens”.