A repórter Leniza Krauss foi salva pelo seu cinegrafista após sofrer um AVC quando gravava uma reportagem para o programa Cidade Alerta. Conhecido como Grinco, o colega de trabalho de Leniza, ao perceber que ela passava mal, rapidamente a colocou no carro e seguiu direto para o hospital.

Segundo os médicos que atenderam Leniza, a rapidez do colega de trabalho foi importantíssimo.

Leniza ficou dois dias internada na UTI do hospital São Camilo do Ipiranga, em São Paulo.