enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Luxo, poder e traição

Remake de “O Rebu” será lançado em DVD

O espectador vai entrar, mais uma vez, na mansão da empreiteira Ângela Mahler (Patrícia Pillar), e nos mistérios do assassinato de Bruno Ferraz (Daniel de Oliveira). No dia 10 de agosto, a área de desenvolvimento comercial da Globo lança o DVD de O Rebu (versão de 2014). O box, com seis discos, tem aproximadamente 16 horas de conteúdo em vídeo, e estará à venda na Loja Globo (www.loja.globo) e nas principais lojas do país.

Exibida na faixa das 23h, a novela foi um dos maiores sucessos da TV em 2014. A obra de George Moura e Sergio Goldemberg é um remake de O Rebu original, escrita por Bráulio Pedroso e exibida em 1974. A nova versão traz a história para a atualidade, com produção requintada e minuciosa, mas conserva os pontos principais da trama: luxo, poder, traição, amores e mistério.

Todos são suspeitos

Uma festa da alta sociedade, num lugar ironicamente chamado de Serra do Sossego, é o cenário de um mistério sangrento. Na mansão de Ângela Mahler, ricaços circulam pelos salões com interesses e conflitos financeiros, amorosos, familiares, entre outros. A principal rivalidade fica por conta da anfitriã e Carlos Braga Vidigal (Tony Ramos). Apesar de comemorarem a parceria num negócio milionário, odeiam-se com falsa cordialidade.

Mas todas as tensões têm um ponto central em comum: o jovem Bruno Ferraz, profissional ambicioso que trabalhava para a empresa de Braga até receber uma ótima proposta feita por Ângela. Ele se envolve com Duda (Sophie Charlotte), protegida da empresária, mas conquista outros patamares na empresa quando inicia um caso clandestino com a advogada Gilda (Cassia Kis Magro).

Quando o corpo dele é descoberto morto dentro da piscina, a trama de suspense se inicia, já que todos os convidados se tornam suspeitos da morte. Todos são interrogados na investigação policial comandada pelo delegado Nuno Pedroso (Marcos Palmeira), acompanhado da sua fiel assistente Rosa Nolasco (Dira Paes).

A narrativa não-linear é um dos requintes de “O Rebu”. Toda a trama se desenvolve no tempo de apenas 24 horas. A teia é costurada com três recortes temporais: no momento da festa, na investigação policial que acontece no dia seguinte, e em flashbacks dos principais personagens que poderiam ter motivações para estar envolvidos na morte da vítima.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas