enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Rede TV! grava cenas do Vila Maluca, seriado com o formato de Chaves

  • Por Jornalista Externo

Depois de quase cinco anos, a Rede TV! começa a dar os primeiros passos na teledramaturgia. Há três semanas, começaram as gravações do novo seriado infanto-juvenil da emissora. Vila Maluca, dirigido por Adriano Stuart, que estava previsto para ir ao ar ainda esse mês, mas em função de ajustes no projeto, ficou para setembro. A princípio, o programa vai ao ar de segunda a sexta, às 19h, horário atualmente ocupado pelo jornalístico Repórter Cidadão. A grosso modo, o Vila Maluca é uma espécie de Chaves, e como no seriado mexicano, os personagens convivem numa vila. “Só que o Vila Maluca é mais próximo da brasilidade, mas a essência é semelhante: humor simples e atores adultos interpretando crianças e jovens, só que mais bem-produzido e acabado”, compara Ronaldo Ciambroni, um dos cinco roteiristas do programa.

Mesmo sendo “bem-produzido”, os atores serão otimizados em cenas. Noemi Gerbelli, por exemplo, vai fazer o jovem Juca Justo um mulato que, como o sobrenome diz, tem um forte senso de justiça e sempre fala a verdade e também a Dona Galena, uma velha italiana que é a quituteira da vila. Noemi está muito empolgada, principalmente por fazer o papel de um homem. “Para um ator, isso é um prato cheio. É um trabalho meticuloso, um grande exercício”, garante. Para interpretar Juca, Noemi precisa abusar da maquiagem e do figurino. “A caracterização é tão bem-feita que um dia a Mônica Pimentel foi lá nos estúdios e nem me reconheceu”, conta Noemi, se referindo à diretora artística da emissora. Dona Galena também tem sua graça. Quando criança, ela sofreu um acidente e teve uma placa de metal implantada na cabeça. Com o tempo, essa placa passou a captar sinais de rádio e a sofrer interferências de eletrodomésticos, que afetam a personagem.

Dois por um

Até o momento, são 11 atores no elenco. O número de personagens é bem maior, mas ainda não está definido, alguns estão sendo escritos e outros, testados. Mas o que já está certo é que cada ator vai fazer pelo menos dois papéis. Orival Pessini, intérprete do bochechudo Fofão, do antigo infantil da Globo Balão Mágico, fará quatro, todos com máscaras confeccionadas pelo ator. Um deles é o cantor brega Alberto Rogério, cujas namoradas sempre morrem. “Ele sempre termina suas aparições cantando algo como ‘ali morreu o meu amor'”, revela o ator. Além desses personagens, Orival vai manipular o boneco Fofolo, um bicho todo peludo e com uma boca grande. “Ele é como se fosse um ET e vai aprontar muito na Vila Maluca. É muito engraçado”, garante.

Inicialmente, o seriado seria elaborado nos moldes de uma novela, seguindo um mote central, mas isso implicaria num ritmo mais lento. “Preferimos montar o programa em quadros para ficar mais ágil”, explica Roberto Ciambroni. A proposta é adotar um humor em tom de paródia, bem ingênuo e de fácil compreensão, baseado em situações cotidianas dos moradores da vila. O ator Duda Mamberti vai interpretar Dona Barça, uma alusão à famosa Enciclopédia Barsa, a outra professora da “escolinha”. “Ela é uma senhora do tipo inglesa, que se irrita com a burrice dos alunos”, conta Duda, que também vai interpretar Palhares, o síndico da vila. A mocinha bonita da vila vai se chamar Ana Paula A Rosa, referência bastante infame à atriz Ana Paula Arósio.

O cenário da vila foi todo montado na própria Rede TV!, em Alphaville, periferia da capital paulista. É uma espécie de cidade cenográfica com uma rua principal cheia de sobrados. O interessante é que não há só fachadas, mas também a parte interna de cada casa. “O cenário está deslumbrante”, valoriza Noemi. Apesar do projeto ser infanto-juvenil, Orival está confiante no sucesso do seriado também entre os adultos, devido à qualidade de produção e do próprio humor. “Acho que muitos adultos vão gostar. Não é um humor absolutamente infantil”, garante o ator.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas