O comunicador e radialista Renato Gaúcho é o novo contratado da Rádio 98 FM. Conhecido como o “rei do rádio”, Gaúcho deixou a concorrente Rádio Caiobá no início deste mês e foi especulado como reforço em vários prefixos de Curitiba. Ainda não há uma data de estreia, mas o quanto antes as manhãs da rádio Tudo de Bom terão a voz e os quadros do radialista, das 8h ao meio dia.

“O Renato era um objetivo antigo da rádio e teremos várias novidades no programa. Mas ele traz tudo que ele construiu de sucesso no rádio, em especial o horóscopo e a música da minha vida, que são as histórias dos ouvintes”, explicou Duka Pazdiora, coordenador de programação da emissora.

O programa do Renato Gaúcho terá ainda a participação do radialista André Nogueira, que além de continuar com o Diário 98 (das 6h às 8h, ao lado da Dani Fogaça, Vagner Silva e Jasson Goulart) seguirá na programação matutina da rádio.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Apesar de ter recebido propostas de outras rádio, um fator foi decisivo para que o radialista fechasse com a 98FM. “Foi uma surpresa para nós, mas facilitou o acerto e nos orgulhou a vontade do Renato Gaúcho em trabalhar na 98. Foi muito importante e pesou na decisão. Fez a diferença”, concluiu Duka.

Líder de audiência no rádio curitibano por muitos anos, Gaúcho era conhecido pelo quadro “Música da minha vida”, quando levava ao ar histórias enviadas pelos seus leitores. Uma legião de ouvintes sintonizava o rádio para ouvir alguns dos causos, muitos dos quais com finais surpreendentes, bizarros e/ou emocionantes. Também havia o tradicional horóscopo e a “Hora do Rei“, quando tocava duas músicas do Roberto Carlos todos os dias.

>>> Veja também: Chico Pinheiro faz revelação sobre Cecília Malan ao vivo!

Carreira política

Além de radialista, Renato Gaúcho atuou como deputado estadual pelo Paraná em dois mandatos (de 98 a 2001 e de 2002 a 2006) e abandou a carreira política ao final de 2006. Na época ele disse à Gazeta do Povo que com 48 anos de idade estava cansado de conciliar as duas atividades, já que o programa de rádio lhe consumia pelo menos 9 horas do dia. Hoje Gaúcho está com 60 anos de idade.

Aposentado de Curitiba cruza a América de Fiat 147 sozinho e volta cheio de histórias