Imagens digitais de extrema qualidade com detalhes impossíveis de serem vistos pelo olho humano. Esta é a mais nova tecnologia que vem da Alemanha e está sendo usada pela primeira vez no Brasil, por uma produtora de filmes curitibana. A câmera, Wes-scam, é capaz de captar 1.150 frames (fotografias) por segundo, mostrando cada pequeno movimento com perfeição. Só para se ter uma idéia, a olho nu só é possível perceber 30 ?fotografias? por segundo. Repetida em câmera lenta, a seqüência de imagens permite enxergar algo como uma gota de chuva se dividindo em dezenas de outras gotas ao tocar o chão.

Criada em laboratório com objetivos científicos como, por exemplo, os crash tests -onde se pode visualizar detalhes de acidentes para o aperfeiçoamento dos dispositivos de segurança de automóveis -, a câmera passou a ser usada no cinema, para compor os efeitos especiais das cenas de ação. ?Já existia este efeito de imagem, que em slow motion mostra detalhes mínimos, porém a tecnologia era outra. Era tudo gravado em película, que tinha que ser revelada para só depois ver o resultado da gravação. Com a câmera digital é imediato, grava e vê no computador ao lado?, explica Ralf Tambke, representante da Wesscam no Brasil.

Usada até agora em apenas três países: Alemanha, Estados Unidos e Japão, a câmera chega ao Brasil para a gravação de um comercial de cerveja, que será lançado ainda este ano. A Easy Filmes, produtora curitibana que está usando a tecnologia, já pôde perceber suas vantagens. ?Além da imagem de super- qualidade, o grande diferencial é a possibilidade de ver em real time o trabalho que acabamos de fazer, podendo repetir a seqüência até que esteja do jeito que imaginávamos e descartando o que não gostamos. Antes era preciso esperar até que os negativos voltassem da revelação em São Paulo para ver como ficou?, conta o diretor de fotografia da produtora, Felipe Meneghel.

A câmera, lançada há um ano, ainda não existe para  a venda e para usá-la é preciso alugar a única disponível no Brasil.