As pianistas paranaenses Anna Maria Lacombe Feijó e Suzy Queiroz, ex-diretoras da Escola de Música e Belas Artes do Paraná, estréiam em CD. Pianando surge, difundindo a música para dois pianos com singular qualidade, após um trabalho iniciado em 1997, com o estudo do repertório para quatro mãos e a dois pianos. “Uma intensa pesquisa foi realizada para ter um repertório escrito para dois pianos, o que é raro”, diz Anna Feijó.

A qualidade de som e equilíbrio sonoro na produção do CD foram obtidos pela equipe dirigida por Percy Tamplin. Segundo ele, depois de experimentações ficou claro que o trabalho a dois pianos melhorou a qualidade sonora devido a diferença de timbre entre os instrumentos, “o que possibilitou melhor desempenho artístico das pianistas e permitiu, a partir da escolha de um repertório apropriado, a preservação do virtuosismo”.

Foram escolhidas obras mostrando intensa brasilidade, com exceção da Dança Eslava, de Dvorak, e Adios Nonino, de Piazolla, sendo estas obras de grande beleza e perfeitamente adequadas para dois pianos. A música mais popular do disco é Carinhoso, de Pixinguinha, adaptado para dois pianos por Percy Tamplin. Composições como Azulão (Jayme Ovalle), Seresta (Aylton Escobar), No Fundo do Meu Quintal (Francisco Mignone) completam Pianando.