Para divulgar a sua política cultural e difundir as diretrizes e regulamentos do Programa Petrobras Cultural, a Petrobras convida produtores culturais e imprensa para um encontro com a gerente de patrocínio, Eliane Costa, amanhã, às 13h30, no Museu Oscar Niemeyer, Rua Marechal Hermes, 999, Centro Cívico. Os proponentes de projetos culturais já contemplados nas seleções anteriores do PPC serão muito bem vindos a esse encontro.

Desde o ano passado, a Petrobras vem adotando a prática de percorrer diversas capitais brasileiras, divulgando os critérios de seleção de projetos, os processos e os resultados obtidos até hoje, com o objetivo de estimular a inscrição de trabalhos de todos os estados do Brasil. Afinal, uma das grandes prioridades do Programa Petrobras Cultural é, justamente, contemplar a cultura brasileira em toda a sua diversidade étnica e regional.

Já se verifica um avanço significativo nesse sentido. Na edição 2003, 68% dos projetos contemplados nas seleções públicas eram provenientes do Rio de Janeiro e de São Paulo. Na última edição (2004), essa distribuição se inverteu: 43% dos projetos contemplados foram do RJ e SP, enquanto que 57% vieram dos demais estados.

O Programa Petrobras Cultural foi lançado em 2003 e absorveu os diversos programas até então existentes. O PPC norteia as ações de patrocínio da empresa em torno de uma política cultural de alcance social e de afirmação da identidade brasileira. Teve verba de R$ 60 milhões em 2003, e R$ 61 milhões em 2004. O lançamento da versão 2005 do programa está previsto para o dia 4 de novembro, véspera do Dia Nacional de Cultura. Como vem acontecendo, 75% da verba total da nova edição é destinada a seleções públicas.