Pedro Andrade vai guardar os casacos e reforçar o protetor solar. Esta semana, o apresentador começará a trabalhar em Miami e vai ancorar de lá sua participação no Manhattan Connection a partir do próximo domingo.

“Não estou trocando Nova York por Miami. Vou para lá pelo menos duas vezes por mês”, avisa o carioca, que acaba de ser contratado pela rede norte-americana ABC, uma das maiores emissoras abertas dos EUA. Quando não estiver na bancada com Lucas Mendes e Caio Blinder, o que só poderá acontecer uma vez por mês, Pedro vai comandar um programa de variedades no Fusion, novo canal da ABC, cuja sede é em Miami. “Também serei correspondente da Flórida do Good Morning America, o programa matinal mais importante dos EUA.”

Ele ainda não sabe qual será o formato de seu novo programa, mas afirma que manterá suas reportagens com dicas de NY e também da nova cidade. “Fiquei chocado quando soube que a Globo News não tinha base em Miami. É uma meca para brasileiros, 47% do mercado imobiliário é de brasileiros. No segundo maior outlet, 71% do dinheiro vêm do Brasil. Eu estarei num lugar relevante para o nosso público”, disse à reportagem por telefone.

O apresentador ainda não sabe em qual cenário os brasileiros o verão. “Semana que vem, a gente vai ter testes. Apesar de o estúdio ser uma maravilha, não fica de frente para o mar. Uma das exigências é que me permitissem vir a NY para fazer as matérias externas. A outra é que me dessem um estúdio dentro da ABC de Miami para fazer o Manhattan. Sem falsa modéstia, eu fiquei chocado e lisonjeado. Não imaginava que eles fossem se desdobrar como se desdobraram para me ter no programa”, conta ele, que trocou a NBC, outra grande rede de lá, pela ABC.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.