Foto: Divulgação
A peça abre duas sessões extras hoje e amanhã.

Devido ao grande sucesso, o espetáculo teatral tragicômico Manual prático da mulher desesperada, abre duas sessões extras hoje e amanhã, às 22h30, no Era Só O Que Faltava (Av. República Argentina, 1.334). A peça traz uma mulher solteira enlouquecida numa noite de sábado enquanto espera um telefonema do seu suposto ?amor?.

A montagem dividida em três mini-atos (quarta, salão de beleza e boate) tem texto da autora americana Dorothy Parker (1893-1967) e direção de Ruiz Bellenda.?A peça toca no íntimo do espectador, a busca por uma companhia. É um tema que todo mundo passa por isso. Mulheres e homens se identificam com a situação da personagem Alice. É incrível como o texto escrito no começo do século XX pela grande autora Dorothy Parker ainda tenha encontrado tamanha identificação com o público contemporâneo. Esse é o grande sucesso da peça, sem falar no poder de interpretação dos atores?, revela Ruiz que comemora a excelente receptividade do público.

Adriana Birolli, que aos 20 anos de idade é a mais jovem atriz a ser indicada ao Troféu Gralha Azul de melhor atriz, é Alice com todo humor, dramaticidade e sensualidade. Ela vive todos os rituais de beleza para seduzir os homens. Máscara facial, depilação, cremes, e maquiagem são aplicados em cena pela protagonista em seu quarto. Após, ela faz as unhas no salão do seu manicuro gay, onde exibe um monólogo sobre seus romances. Enquanto ela espera com muita ansiedade o telefonema, no decorrer da peça, é reproduzido num telão um vídeo que revela seu passado e pensamentos.

Serviço:

Manual prático da mulher desesperada no Era Só o Que Faltava (Av. República Argentina, 1.334). Temporada: em cartaz até 1 de abril. Horário: Manual Prático da Mulher Desesperada – 21 horas e 22h30 (sábado 31.03 e domingo 1.04) Ingressos R$ 16,00 e R$ 8,00. Ponto-de-Venda: no local. Informações para o público: (41) 3342-0826.