O Festival de Dança de Joinville, em Santa Catarina, considerado pelo Guiness Book (Livro dos Recordes) como o maior festival de dança no mundo, ficará ainda maior. Para esse ano, foram confirmadas 1700 coreografias, o que corresponde a um aumento de 26% no número de danças a serem exibidas. Para a vigésima sexta edição do evento, o Paraná será representado por 40 grupos, dos quais 30 participarão do Palco Aberto, em que são ocorrem apresentações nos 15 palcos montados pela cidade, e 10 irão participar da Mostra Competitiva.

O Festival de Dança de Joinville nasceu em 1983, como forma de atrair turistas para a cidade. De acordo com a coordenadora do evento, Karim Coletti, o show ?começou em um clube com capacidade para 500 pessoas. Foi um sucesso absoluto. Já no ano seguinte ele passou para o ginásio da cidade e a partir de 1990 começou a ser apresentado no Complexo de Centreventos Cau Hansen, que tem capacidade para 4.500 pessoas. Além da arena principal, há também no local o Teatro Juarez Machado, com capacidade para 500 pessoas, em que será apresentado o evento Meia Ponta, que reúne bailarinos mirins e a Mostra de Dança Contemporânea, que acontece após a Mostra Competitiva, e que serve para mostrar as novidades no mundo da dança?, diz a coordenadora.

A noite de abertura do festival, que acontece no dia 16 de julho, será realizada pelo Balé do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, que irá apresentar o Lago dos Cisnes. O evento conta com a presença de grupos de 17 estados e três países. São Paulo é o estado com maior número de coreografias inscritas, 131.