O cantor ‘Paraná’, que fazia dupla com o irmão Chico Rey até seu falecimento, em 2016, foi preso no Aeroporto de Brasília pela Polícia Federal, na tarde desta quinta-feira (24), com uma luneta de visão noturna para rifles.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Segundo o artista, o acessório, de uso restrito das forças armadas, serviria para a prática de caça esportiva. Porém, sua importação sem autorização caracteriza um crime, previsto na Lei 10826/03, artigo 18, que tipifica o tráfico internacional de armas de fogo. A pena varia de 4 a 8 anos de prisão, com agravante em caso de acessório de uso exclusivo do Exército.

Paraná chegou a ficar detido na Superintendência Regional da Polícia Federal do Distrito Federal mas acabou liberado horas depois por falta de um laudo que comprovasse as especificações técnicas do equipamento. Ele foi liberado e responderá o crime em liberdade.

Backstreet Boys revelam qual a pior música já lançada pelo grupo!