Foto: Divulgação
O Pequeno Príncipe e o aviador.

Um dos maiores sucessos do teatro infantil encerra sua turnê pelo País, no palco do Guairão, neste final de semana. A peça O Pequeno Príncipe, protagonizada e produzida pela atriz Luana Piovani, é vencedora de vários prêmios, incluindo Melhor Espetáculo, Melhor Diretor e Melhor Atriz. A clássica história do francês Antoine de Saint-Exupèry já foi assistida por mais de 160 mil espectadores em várias cidades brasileiras. Na sexta, a sessão inicia às 19h, e no sábado e domingo, às 17h.

Dirigido e adaptado por João Falcão, premiado autor e diretor de teatro, cinema e TV, o espetáculo tem 55 minutos de duração e conta a história mágica do encontro do Pequeno Príncipe (Luana Piovani), vindo de um lugar distante, com um aviador (Marcus Alvisi) perdido no deserto. Juntos, eles compartilham experiências que divertem, encantam e tocam o coração. ?Me identifico com o lado sentimental dele (o Pequeno Príncipe). Ele não entende os adultos, a frieza das pessoas e a falta de gentileza. Ele é um menino que olha a vida através do coração, não através da razão ou do dinheiro, e isso faz com que ele leve uma vida mais simples, feliz e tranqüila?, explica Luana Piovani.

Foto: Divulgação

Luana Piovani interpreta O Pequeno Príncipe.

Os sábios questionamentos desse pequeno menino, buscando um pouco mais de sentido para a nossa existência farão o espectador, adulto ou criança, deparar-se com a meninice, fazendo a imaginação fluir no tempo.

Essa é a segunda peça infantil de Luana (a primeira foi Alice no país das maravilhas, em 2003). Para viver o personagem, a atriz morou em Paris durante um tempo para estudar o francês e também entender a fundo a história do Pequeno Príncipe. Fez aulas de acrobacias terrestres e aéreas, aulas de bonecos e direção de corpo, para aprender a se portar como um menino. A atriz também chegou a abrir mão da vaidade feminina e cortou os cabelos bem curtos e deixou as unhas das mãos e as sobrancelhas por fazer. ?Sinto uma coisa especial por essas duas histórias desde pequena. Eu adoro a Alice, por exemplo, acho ela o máximo pela sua coragem, curiosidade e imaginação. Jamais faria uma peça de uma princesa que fica esperando o seu príncipe encantado dentro de um castelo?, diz Luana. ?O sucesso desta peça se dá pela junção de uma série de fatores. A história em si, que é linda, o elenco maravilhoso, a direção e a montagem, e também porque ela traz um pouco do circo e do teatro de bonecos, que faz parte da infância?, afirma a atriz, que adiantou que a sua próxima peça infantil será O soldadinho de chumbo. Aguardemos.

Serviço

O Pequeno Príncipe – Teatro Guaíra – Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto (Rua Conselheiro Laurindo, s/n.º). Data: sexta e Sábado, às 19h e domingo, às 17h. Preços: platéia R$ 60,00 (meia R$ 30,00) / balcão 1 R$ 50,00 (meia R$ 25,00) / balcão 2 R$ 40,00 (meia R$ 20,00). Horário da bilheteria: todos os dias das 12h às 21h.