O número de mulheres com enjoo e desejos gastronômicos estranhos vão surgir subitamente em Louco por Elas. O seriado escrito e dirigido por João Falcão, exibido todas as terças, às 23h, na Globo, entra na reta final e passará nesta terça por mudanças, que incluem a gravidez de três personagens, entre elas Giovana (Deborah Secco), que revive o passado com Léo (Eduardo Moscovis) durante uma noite.

Na contramão das duas temporadas, os últimos cinco capítulos serão interligados e marcados com transformações drásticas na trajetória dos personagens. “Vamos fazer uma experiência de um longa-metragem, em que os episódios têm consequências que mudassem a história para dar um gás no final”, disse o autor à reportagem.

Tudo começa quando o casal de protagonistas resolve relembrar a primeira noite de amor, ocorrida 15 anos antes. Léo, então, chama Giovana para assistir ao show do grupo cujas letras marcaram o romance dos dois. Após uma noite regada a muito álcool, o leve desprezo da jornalista pelo ex-marido se enfraquece. “Eles tomam um porre e relembram a época em que se conheceram. Ela acorda sem saber o que aconteceu, se eles transaram ou não, e ela estava no período fértil. Os dois sempre se amaram, porém, nunca fizeram isso.”

Em crise no relacionamento com a primogênita do casal, Bárbara (Luisa Arraes), dá um tempo no namoro e se envolve com o professor de literatura Théo, vivido por Rafael Infante. A aventura, entretanto, termina rápido e ela descobre estar esperando de Felipe (Fabrício Belsoff), que fica desconfiado da notícia depois de ver a amada com outro.

As outras mulheres da casa também sentirão os hormônios pulularem. A caçula adolescente Theodora (Laura Barreto) mudará de comportamento. “Ela vai menstruar pela primeira vez e fica com uma atitude mais rebelde. No fundo, ela é uma menina frágil”, analisa o autor. Já a matriarca Violeta (Glória Menezes) engatará um romance com um jovem de 25 anos Vitório (Arlindo Lopes). “É uma referência a Ensina-me a Viver, em que a Glória atuou por cinco anos. Chamei o mesmo ator que fez a peça com ela.

A diarista Dorothy (Luana Martau) tampouco ficará sobrando. Ao ver a Giovana discutir o formato de um novo programa de televisão com Diego Carpeaux (Gregório Duvivier), a jovem dará palpites no trabalho da protagonista e acaba envolvida com o diretor, com quem terá um filho.

A ideia de revirar a trama da atração surgiu enquanto a segundo temporada já estava no ar. “Há dois anos, programamos oito episódios. Como deu certo, fomos emendado e chegamos a 44 capítulos. E ainda não sabemos como vai terminar, pois estamos escrevendo”, conta João Falcão, que conta com uma equipe de roteiro com sete pessoas, entre elas, a mulher, Adriana Falcão.

Quem deixou o time foi a filha, Clarice Falcão. Por conta do sucesso do Porta dos Fundos, do qual ela faz parte do elenco e criação, a jovem e o namorado, Gregório Duvivier, pararam de colaborar com o Louco por Elas. Na época em que todos em casa davam expediente juntos, a família montou um esquema. “Cada um tinha suas datas de entrega dos textos. Trabalhamos muito por e-mail. Mesmo estando próximos, nos tratamos de maneira profissional”, revela o autor, reconhecendo que a herdeira está deixando de ter a imagem de ‘filha do João Falcão’. “Estou me sentindo cada vez mais o pai da Clarice. As pessoas falam na rua.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.