enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Nova novela no ritmo SBT

  • Por Redação O Estado Do Paraná
Magalli Biss e Ana Paula Tabalipa nas gravações.

“Jamais Te Esquecerei”, nova trama “brasileira” do SBT, só deve estrear no dia 7 de abril. Mas desde o início de fevereiro, atores e diretores da próxima novela do SBT estão completamente mergulhados na trama adaptada da mexicana “Nunca Te Olvidaré”, da Televisa. O ritmo pesado de trabalho – são cerca de 80 cenas por dia, de segunda a sábado, em uma carga horária que chega a 14 horas diárias -, se justifica pelo método de fazer novelas que o SBT adota: as gravações terminam irremediavelmente até 15 de junho, apesar de o último capítulo da novela estar previsto para ir ao ar dois meses depois, em final de agosto.

“O ritmo não chega a ser desumano, mas o volume de trabalho está muito grande”, pondera Fábio Azevedo, que interpreta o protagonista Danilo na novela. A também protagonista Ana Paula Tabalipa, que vive Beatriz, par romântico de Danilo, concorda com o colega de trabalho. “A gente grava o dia inteiro e agora também aos domingos para compensar o Carnaval. Não é mole mesmo”, avalia a atriz.

Mesmo cansados, os protagonistas e o diretor da novela, Jacques Lagoa, ressaltam a interação de toda equipe. “Desde o primeiro dia todo mundo se deu bem”, garante Fábio.

Já o diretor diz que esse bom ambiente é quase uma necessidade e que para isso é fundamental tratar cada ator da mesma maneira, sem diferenciá-los. “Todos são estrelas, por isso conquistamos sempre esse clima excelente”, valoriza o diretor.

Atenção especial

Ana Paula diz que afirma que o fato de o SBT produzir apenas uma novela faz com que eles tenham atenção exclusiva da produção. “Na Globo tem três novelas, uma minissérie e outros programas. Os atores não têm tanta atenção como no SBT”, compara a atriz.

Comparação com a Globo, aliás, é recorrente. Ana Paula Tabalipa lembra que grande parte do estranhamento que poderia ter sentido no primeiro dia de trabalho na emissora acabou não acontecendo, justamente pelo fato de contracenar com ex-colegas da Globo. “Ter reencontrado o Fábio Azevedo, o Danton Melo, a Bia Seidel e o Jonas Bloch me fizeram acreditar que ainda estava na Globo.

“Assim, foi mais fácil me adaptar também”, justifica a atriz. Jacques Lagoa, por sua vez, afirma que as comparações param por aí, já que não vê diferença entre os atores que vieram da Globo ou de quem já estava no SBT. “Com exceção do Jonas Bloch, os outros atores não estavam estigmatizados como globais, por isso é besteira comparar as duas emissoras”, desdenha. Fábio Azevedo ainda acrescenta que o profissionalismo da emissora está criando uma estilo próprio do SBT de fazer novelas. “A emissora está adquirindo know-how suficiente para deixar de lado aquele estigma das novelas mexicanas”, derrama-se o ator.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas