Neil Peart, o virtuoso baterista da banda canadense Rush, conhecido por estabelecer novos padrões de virtuosidade na era do rock and roll clássico, morreu aos 67 anos. Ele tinha câncer no cérebro, e vinha lutando contra a doença por três anos. A informação foi divulgada pela revista americana Rolling Stone.

O músico frequentemente citava Keith Moon, o intenso baterista do The Who, como seu ídolo. Peart se juntou ao cantor e baixista Geddy Lee e ao guitarrista Alex Lifeson no Rush em 1974, e seu estilo único na bateria e suas letras complexas ajudaram a fazer do trio uma das bandas mais adoradas da era do rock and roll clássico.

Peart, um autodidata nas baquetas, foi também um escritor talentoso, com diversos livros publicados.