A artista plástica Maria Ivone Bergamini abre nessa quarta-feira (1.º), às 19 horas, no Museu Alfredo Andersen, em Curitiba, a exposição ?Preto no Branco… E Alguma Cor a Mais?. Serão apresentados ao público 12 desenhos em nanquim (10cm x 15cm e 1,5m x 75cm) e quatro pinturas em acrílico (40cm x 50cm e 1,8m x 1,6m). ?A mostra vai ocupar três salas do museu, que é perfeito para minha obra por se tratar de um local intimista, carismático, carinhoso e com uma linguagem própria?, diz a artista.

Maria Ivone Bergamini define sua obra como ?instigante?. Com raízes na Pop Art americana, ela vem percorrendo uma trajetória em que o trabalho metódico, o olhar analítico e a observação formam os alicerces de sua arte. Explorando objetos do cotidiano, a artista versa liricamente sobre o dia-a-dia. No texto de apresentação de sua exposição Maria Ivone considera suas obras uma mitologia pessoal, discernível na temática com a qual trabalha, em plena consciência de sua linguagem artística.

Sutilmente, nesse novo trabalho, Maria Ivone desfila uma série de abordagens relativas a situações tratadas com rara sensibilidade estética, com aproximações das vertentes minimalista e da Pop Art. Nesta exposição ela faz uso de fundo infinito, de muito branco e do extremo cuidado na dosagem das cores. A abstração em seus desenhos se constitui como essência, como resumo de conhecimentos adquiridos ao longo do tempo e sobre os quais a artista apresenta facetas, explora ângulos e novas abordagens.

Serviço:
Exposição Preto e Branco… E Alguma Cor a Mais, de Maria Ivone
Bergamini.
Local: Museu Alfredo Andersen (Rua Mateus Leme, 336. Tel: 41
3222-8262)
Horário: De terça a sexta-feira, das 9 horas às 18h30,
sábados, domingos e feriados das 10h às 16 horas.
Abertura: Quarta-feira, dia 1º de Agosto de 2007 às 19h.
A exposição permanece até o dia 1º de Setembro de 2007.