Nesta quarta-feira (7) às 19 horas, serão abertas duas exposições no Museu Alfredo Andersen: As Mulheres da Casa Andersen e Universo Feminino IV ? Gravuras e suas autoras. As mostras marcam o Dia Internacional da Mulher com obras de mulheres retratadas pelo pintor e, ainda, o trabalho de artistas paranaenses que de alguma forma estão relacionadas com o Ateliê de Arte do Museu.

A mostra As mulheres da Casa Andersen vai exibir vários retratos de mulheres do universo particular de Alfredo Andersen. O artista gostava de prestigiar as mulheres e costumava fazer retratos de suas familiares e discípulas.

O Ateliê de Artes do Museu Alfredo Andersen estabeleceu com seus alunos uma parceria que ultrapassou a convivência entre professor e aprendiz. Constituiu uma cumplicidade que foi além do saber formal. A exposição Universo Feminino IV dá seqüência a proposta do museu, que há quatro anos presta uma homenagem às artistas mulheres do Paraná. Nessa edição foi decidido utilizar apenas a linguagem das gravuras e nove artistas foram convidadas para apresentarem seus trabalhos: Adriana Pasa, Andréia Las, Denise Roman, Dulce Osinski, Eliana Herreros, Everly Giller, Hebe Boero Libera, Michele Behar e Sandra Natter. As duas exposições permanecem até o dia 22 de abril.

O Museu Alfredo Andersen tem a finalidade de cadastrar, conservar, catalogar, expor e divulgar a obra e a memória de Alfredo Andersen como artista e mestre, bem como de seus discípulos; promover exposições; dar continuidade ao ofício de ensinar arte com cursos de formação e de atualização, realizar encontros, simpósios e estudos na área das artes visuais. Está situado na rua Mateus Leme, 336, na casa onde o artista residiu, produziu grande parte de sua obra pictórica e ensinou pintura e desenho a muitos discípulos.

Universo Feminino IV e As mulheres da Casa Andersen.
Local: Museu Alfredo Andersen (Rua Mateus Leme, 336 ? Tel: 41-3222-8262)
Horário de funcionamento: De terça a sexta-feira, das 9 horas às 18h30, sábados, domingos e feriados das 10h às 16 horas.
A mostra permanece até o dia 22 de abril.