Dançar é a palavra de ordem do duo Mixtape, formado por Pris Elias e Helen Negrão. Em seu segundo disco, que pode ser conferido no site www.mixtapeofficial.com, elas evocam o hedonismo das pistas e reforçam a busca pelo auto-conhecimento. “Queremos que as pessoas percebam que a felicidade se encontra em ser quem realmente somos, sem medo da sociedade”, diz Pris.

Intitulado “Find Your Own Way Home” o novo trabalho das garotas de Curitiba vem totalmente dançante, com influências oitentistas e do electroclash, sem deixar de lado a essência rock´n´roll. As letras são todas em inglês e as influências vão de Madonna, Eurythmics e Depeche Mode aos acordes de levada country em “I (You) Want You (Me)”.

A faixa “A Star or a Satellite” já virou um hit e conta com mais de 297mil visualizações no You Tube. Este é o primeiro de uma série de vídeos que deve retratar a busca pelo “self” explorada de diversas maneiras em todas as faixas do novo trabalho. Veja aqui.

Além disso, o duo também deve inovar nos palcos, com o formato de “Live PA” (CDJ + live vocal + live guitar, synth & bass lines), que é ainda pouco explorado no Brasil e no mundo: “Queremos levar nosso show pras pistas e pros principais festivais do Brasil. Abusamos de mashups que misturam músicas pop atuais com hits dos anos 80 e preparamos ‘club versions’ pra algumas das faixas do novo disco”.

Recentemente a dupla lançou um webclipe de um dos mashups que produziram: “I Just Can’t Get Enough” (Depeche Mode) x Music (Madonna)”:

Este vídeo ilustra a parte “cover” do trabalho da Mixtape, mais uma nova faceta que as meninas pretendem levar para os palcos de 2012. Acesse: www.mixtapeofficial.com e confira agora o disco “Find Your Own Way Home”.

Biografia

Batizada por sugestão de Helen, a partir do nome dado às fitas K-7 de compilações comumente gravadas pelos jovens na década de 80, a Mixtape é definida por suas integrantes como uma síntese do espírito que movia essas coletâneas: uma reunião de influências musicais.

A Mixtape surgiu em 2008 e a internet é o principal meio de divulgação utilizado pelo grupo. “Facebook, Twitter, Orkut, Fotolog, MySpace e Trama Virtual são algumas das ferramentas que utilizamos para que a coisa acontecesse. Graças a esse impulso inicial, posteriormente conquistamos outras mídias como jornais, revistas, TVs e rádios”, explica. Hoje, as garotas possuem mais de 154 mil seguidores no twitter e mais de 5 mil acessos diários ao material da banda disponível on-line. Outros instrumentos eficazes para a divulgação do trabalho das garotas foram os caprichados videoclipes das canções “Eu Uso”, “Meu Mundo” e “Não Sou Você”, da fase anterior (mais orgânica).

Além das ferramentas virtuais, as garotas da Mixtape manejam outras vertentes a serviço da música, entre elas, a moda. Elas possuem uma grife de roupas, Vira o Disco (www.viraodisco.com.br), criada em 2005, com o intuito de fazer moda inspirada em música, cinema e arte. “Sempre curtimos roupas inspiradas em música, mas só encontrávamos as camisetas pretas e de malha duvidosa em lojas de rock em que o preto predominava, além disso, grande parte das bandas que curtíamos não estava no catálogo”, revelam.