O jornalista Mauro Naves, da Globo, foi afastado de suas atividades como repórter esportivo após ter supostamente passado o contato do pai de Neymar para um ex-advogado da mulher que acusa o jogador de estupro.

+Leia mais! Sucesso no Jornal Nacional, Maju ganha novo desafio na Globo

Uma carta divulgada pelos ex-advogados da mulher apontam que uma reunião entre eles e advogados de Neymar ocorreu a convite do pai do jogador. Porém, o pai de Neymar desmentiu esta informação. Segundo ele, a reunião aconteceu após o advogado ter conseguido o contato do pai do jogador por meio do repórter Mauro Naves.

Já o repórter disse que apenas passou o contato ao advogado a fim de conseguir uma informação exclusiva sobre o caso. Quando a polêmica veio à tona, Mauro Naves avaliou como sem relevância sua participação.

+Viu essa? Pai de Neymar diz que filho se defendeu de mulher que lhe daria garrafada

Da bancada

Nesta quarta-feira (05), no Jornal Nacional, Willian Bonner falou sobre o afastamento do repórter. “Mauro Naves é um profissional excelente, com grande contribuição para o jornalismo esportivo da Globo, mas há evidencias que a atitude de que as atitudes dele neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas. Em comum acordo, o repórter Mauro Naves deixará a cobertura de esportes da Globo até que os fatos sejam devidamente esclarecidos”, disse Bonner.

Ana Maria Braga é criticada após afirmar que comer pipoca com pinça é ‘boiolagem’