enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

?Manancial? nas tardes do SBT

  • Por Jornalista Externo
Daniela Romo e Alejandro
Tommasi: `Manancial´.

Às 18h de segunda, estréia “Manancial”, no horário que a emissora batizou de “Tarde de Amor”. “Manancial” segue a linha das novelas mexicanas que a emissora de Sílvio Santos importa da Televisa. Usa e abusa de lágrimas, brigas, ganância, poder, corrupção e traição.

Ingredientes aparentemente perfeitos para agradar às donas de casa – este tipo de novela chega a alcançar 15 pontos no Ibope. “É preciso, antes de tudo, consolidar uma empatia com o público. Por isso apostamos na dramaturgia”, acredita Mauro Lissoni, diretor de programação do SBT.

A novela de Maria Del Carmen foi escolhida para substituir a semelhante “Salomé” na programação do SBT por causa do sucesso que faz nos países onde vem sendo exibida – Chile, Peru, Porto Rico, Filipinas, Indonésia, Venezuela, Costa Rica, Espanha e alguns países da Europa. “Se faz sucesso em vários países, é uma demonstração de que pode acontecer o mesmo aqui no Brasil”, analisa Mauro.

Mas, apesar de “Manancial” ter caído no gosto do público e só neste ano ter ganho oito prêmios no “TVyNovelas”, entre eles o de melhor trama, a história não foge à regra dos previsíveis enredos das melodramáticas novelas mexicanas. Basta ver o primeiro capítulo para saber exatamente o desenrolar da história até o aguardado “happyend”. “O telespectador espera entretenimento. A novela proporciona a fantasia. Esta é a chave do sucesso de novelas como essa”, valoriza Mauro.

Bela heroína

No papel da heroína Adriana Valdez está a bela Adela Noriega – que estrelou “Privilégio de Amar”, exibida em 1999, com direito a repeteco no início deste ano no SBT. Adriana é a típica heroína que vai lutar a novela toda para ficar com seu grande amor. Como não poderia deixar de ser, é uma paixão que vai enfrentar vários obstáculos. O bonitão Alexandre Ramirez, vivido por Mauricio Islas, é filho dos poderosos Margarida e Justo Ramirez, papéis de Daniela Romo e Alejandro Tommasi, arquiinimigos dos pobretões Francisca e Adalberto Valdez, personagens de Azela Robinson e César Évora, pais da protagonista.

Para tentar apimentar a já batida história, a autora usou e abusou de artifícios bastante comuns. Em contrapartida ao amor quase impossível dos jovens, criou um caso extraconjugal envolvendo os pais do apaixonado casal. Enquanto protagoniza uma verdadeira guerra com Adalberto Valdez, Justo aproveita para “dar um trato” na esposa do rival. Além de sofrer por ter uma mãe fora dos padrões comuns, a mocinha ainda vai ser vítima das mais variadas violências. Entre elas, um estupro, que consta da gravação original da trama, mas que ninguém garante que vá ao ar no SBT.

Pela nascente

A história começa com a briga entre as famílias Ramirez e Valdez pela posse de uma nascente d?água, o manancial do título, que brota na pequena propriedade da família de Adriana. Depois de muita guerra, que culmina na morte do patriarca dos Valdez, Justo Ramirez expulsa Francisca, que é sua amante, e Adriana do povoado. Na hora de partir, a moça tem um ímpeto digno da Scarlet O?Hara de “… E o Vento Levou”, de Victor Fleming, e promete se reerguer “das cinzas” e recuperar tudo o que perdeu.

Assim que Adriana parte, a família de Alexandre providencia uma noiva para o herdeiro. Obviamente, a festa de noivado acontece no momento em que a justiceira volta para o povoado. A partir daí, começa uma nova luta: a da ambiciosa Bárbara, noiva do protagonista, vivida por Karine Lozano, para afastar a heroína de Alexandre, seu passaporte para a boa-vida.

Quem é quem na novela

Adriana (Adela Noriega) – É a única filha de Francisca e Adalberto. Sente muito ódio pela família Ramirez. Vai sofrer um bocado porque acaba se apaixonando pelo único herdeiro do clã rival. Mas, apesar de tudo, vai lutar para concretizar este amor.

Francisca Valdez (Azela Robinson) – Mãe de Adriana. É uma mulher sem escrúpulos que só pensa em se dar bem. É alcoólatra e tem um caso com Justo, o grande inimigo de seu marido.

Adalberto Valdez (César Évora) – Pai de Adriana. Homem extremamente amoroso que se preocupa com o bem-estar da família. Vai lutar para preservar sua propriedade, que foi uma herança dos pais.

Alexandre Ramirez (Mauricio Islas) – Único herdeiro da família Ramirez. Ao contrário do pai é um homem de fortes valores e de grande caráter. Vai tentar viver em harmonia com Adriana apesar da guerra entre suas famílias.

Margarida Ramirez (Daniela Romo) – Mãe de Alexandre. É uma mulher decidida e de personalidade forte. Ela tem uma relação muito intensa com o filho e quer fazê-lo pensar e agir da sua maneira.

Justo Ramirez (Alejandro Tommasi) – Todo-poderoso, pai de Alexandre. Dono de uma grande fazenda de gado é temido e respeitado por todos na região. Mantém um caso com Francisca, esposa de seu rival.

Bárbara (Karine Lozano) – É uma jovem muito bonita e ambiciosa. Segue os conselhos da mãe, que deseja subir na vida. Vai ficar noiva de Alexandre e, com isso, atazanar a vida de Adriana.

Heloísa (Nuria Bages) – Mulher linda e sedutora, que conquista todos os homens. Não se contenta apenas em jogar a filha para cima de Alexandre. Ela mesma vai tentar seduzir o poderoso Justo.

Milena (Patricia Navidad) – É a melhor amiga de Adriana. Órfã, criada pelos avós, tem um grande segredo.

Altamira (Angelina Peláez) – É avó de Milena. Foi babá de Margarida e depois de Alexandre. É a grande conselheira da matriarca dos Ramirez.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas