Deborah Secco chamou a atenção ontem, enquanto gravava cenas do filme Boa Sorte, na praia carioca Recreio dos Bandeirantes, pela sua magreza excessiva. Isso porque, na trama, a atriz viverá a personagem Judite, que é soropositiva.

Além de Deborah, Boa Sorte tem no elenco Fernanda Montenegro, que interpretará Célia, tia de Judite. Dirigido por Carolina Jabour e com roteiro de Jorge Furtado, o filme retrata uma mulher que possui o vírus da Aids e pretende aproveitar intensamente os últimos dias de sua vida.

Crise conjugal

E não é só na tela que Deborah vive um drama. O disse-me-disse sobre uma suposta crise no casamento dela com Roger Flores ganhou mais um capítulo neste carnaval, depois de o jogador aparecer sem a atriz por dois dias seguidos para curtir a folia em camarotes vips no Rio. Em entrevista ao site Ego, Roger justificou a ausência da mulher – que está filmando um longa-metragem – e garantiu sua fidelidade: “Só se eu fosse muito burro para fazer uma merda aqui dentro”.

Na terça, no entanto, o jornal Extra publicou um suposto diálogo entre Roger, Cássio Reis e Carlos Eduardo Baptista – marido de Juliana Paes – em que o jogador teria admitido que trai Deborah com uma amiga da atriz Fernanda Vaconcellos.

Envolvido no assunto, Carlos Eduardo Baptista afirmou que essa conversa não existiu. “Somos amigos e não houve nada disso, inventaram essa história. Esse tipo de conversa não existiu”, declarou o marido de Juliana Paes.