Um dos nomes mais respeitados no cenário musical, o maestro João Carlos Martins é exemplo raro de superação, após inúmeras cirurgias para recuperação das doenças que atingiram os nervos das mãos. Ele estará na cidade de Curitiba para contar sua trajetória, tocar algumas peças ao piano acompanhado de gabaritados músicos e receber o público para um bate-papo através do projeto “Na roda com o maestro”. O evento, que terá única apresentação no dia 24 de novembro, às 19h, contará ainda com a participação do tenor Jean William.

O projeto “Na Roda com o Maestro” já passou por diversas cidades, especialmente do estado de São Paulo, sempre com o objetivo de ressaltar a importância da música como instrumento de inclusão social. Sob regência do maestro João Carlos Martins, os músicos da orquestra Bachiana Camerata se apresentam numa iniciativa que contempla também o incentivo à leitura. Além do espetáculo, o projeto conta com um livro infanto-juvenil, que aborda questões ligadas à introdução musical, a superação e companheirismo.

Para a apresentação em Curitiba, serão distribuídos 2 mil exemplares do livro, acompanhando a capacidade do teatro. Na história, uma turma de crianças, estimulada por um encontro com o maestro João Carlos Martins, vive uma divertida aventura ao descobrir e conhecer de perto o universo da música erudita. O livro acompanha um CD duplo, “Páginas de uma História”, narrado pelo próprio maestro.

A entrada é gratuita, mas os interessados precisam retirar antecipadamente um vale-ingresso pelo site www.dcolor.art.br/ingressos, a partir do dia 14. No dia do evento, os vale-ingressos deverão ser trocados na bilheteria do Guairão, a partir das 17h30.  

Sobre o maestro

Com 73 anos de idade, João Carlos Martins iniciou seus estudos de piano na infância. Aos 13, já possuía uma carreira nacional e, cinco anos depois, projetou-se internacionalmente. Aos 20 anos estreou no Carnegie Hall, em apresentações patrocinadas pela primeira dama dos Estados Unidos, Eleanor Roosevelt.
 
Martins sofreu dois incidentes que poderiam ter posto fim à carreira musical. Aos 26 anos, teve uma lesão no braço quando jogava uma partida de futebol em Nova York, e se afastou por sete anos dos palcos. No retorno da carreira, gravou a obra completa de Bach. Em 1995, após sair ferido de um assalto na Bulgária, teve o lado direito do corpo paralisado.

Por causa da síndrome dos movimentos repetitivos, encerrou a carreira de pianista aos 63 anos. Sem deixar de lado a música, estudou regência para, em 2006, fundar a Filarmônica Bachiana SESI-SP.

Sobre Jean William

O evento em Curitiba terá a participação especial do jovem tenor Jean William. O músico cresceu no município de Barrinha (SP) e, no dia 29 de junho de 2012, entrou para a história da cidade ao ser homenageado com o anfiteatro do local que foi batizado com o seu nome: Anfiteatro Municipal de Barrinha Jean William Silva.

Fluente em inglês, espanhol, italiano e francês, Jean William desde 2012 frequenta temporadas de concertos e recitais dentro e fora do Brasil, tendo estreado inclusive uma ópera moderna pelo teatro Comunale de Vicenza (ITA), recebendo calorosa recepção do programa Ridotto Del Ópera da Rádio Suíça italiana.

Já cantou sob a batuta de diversos maestros como Carlos Spierer, Claudio Cruz, Olivier Toni, Diogo Pacheco, Martinho Lutero Gallati, Guido Rimonda e apresentou-se com distintos grupos e orquestras nacionais e internacionais.

Serviço

Na Roda com o Maestro
Censura do Espetáculo: livre
Duração do Espetáculo: 1h20
Data: 24 de novembro de 2013
Horário: 19h
Local: Guairão – Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto (Rua Quinze de novembro n°971, Centro | Curitiba – PR)
Entrada gratuita. Retirar vale-ingresso a partir do dia 14 de novembro através do site www.dcolor.art.br/ingressos. Os vale-ingressos deverão ser trocados por ingressos a partir das 17h30 do dia 24/11 na bilheteria do Guairão.