Talvez, um pouco atrasado, o ex-vocalista do Oasis e atual Beady Eye, Liam Gallagher respondeu, através do Twitter, a uma declaração dada pelo músico Ian McCulloch, líder da lendária banda Echo and the Bunnymen, ao jornal “Irish Independent” em 2011.

Na época, McCulloch disse admirar o cantor compatriota, porém, achava que suas letras eram um “lixo” e que Gallagher deveria “pensar mais nas letras que merecem ser escritas”. Após alguns meses, Liam deu troco.

Em uma mensagem deixada no Twitter, Liam disse: “Ian McCulloch, cuidado com o que fala sobre minhas letras, ou eu vou tatuá-las na sua testa!”. Com seu sarcasmo habitual completou: “Ele nunca foi o melhor líder de banda do mundo”.