Morreu nesta quinta-feira (16) o cantor e violeiro Léu, que fazia dupla com Liu, e que tinha mais de 60 anos de carreira na música caipira brasileira. A dupla Liu e Léu havia sido desfeita em 2012 após a morte de Liu, mas o irmão seguiu a carreira com apresentações ao lado do irmão Lourenço, em shows sempre recheados de alguns dos grandes clássicos da música sertaneja do Brasil.

De família de artistas (irmão de Zico e Zéca e primo de Vieira e Vieirinha), Léu fez fama cantando sucessos ao lado do irmão como Caminheiro, Ipê e o Prisioneiro, Rei do Café, Boiadeiro Errante e Rainha do Paraná. Ao todo somam-se 32 LPs pelas gravadoras Continental, Chantecler, RCA Victor, Copacabana e Tocantins, e 17 CDs em várias outras.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Em 2002 conquistou a indicação do Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Música Regional com o disco “Jeitão de Caboclo”. A informação da morte de Léu foi feita pela página oficial da dupla Gilberto e Gilmar, que eram muito fãs de Liu e Léu.

Relembre alguns dos sucessos:

Boiadeiro Errante

Rei do Café

Caminheiro