As comemorações dos 50 anos da Bossa Nova ecoam por todos os cantos do Brasil. Em Curitiba, o público ganha mais uma oportunidade de apreciar um dos grandes nomes do gênero com o show “Leny Andrade”, que o Teatro da Caixa apresenta de 5 a 7 de setembro.

Considerada a primeira Dama do Jazz e da Bossa Nova no Brasil, Leny Andrade, que recebeu este ano o Grammy Latino de melhor cantora, desfilará sucessos como “Se todos fossem iguais a você”, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes; “Batida Diferente”, de Durval Ferreira e Maurício Einhorm; e “Ilusão à toa”, de Johnny Alf, entre outros.

Nascida no Rio de Janeiro, Leny iniciou-se musicalmente aos seis anos, quando ganhou uma bolsa de estudos do Conservatório Brasileiro de Música. Dois anos depois, foi convidada a cantar no programa Criança Feliz, da Rádio Tupi, no qual passou a ter um horário fixo de apresentações. Mas sua carreira profissional começou somente aos 15 anos como cantora e pianista da Orquestra de Permínio Gonçalves.

No final dos anos 50, fez temporada no Bottle’s Bar, no famoso “Beco das Garrafas”, com o Sérgio Mendes Trio. Com o movimento da Bossa Nova, sua carreira discográfica se iniciou e recebeu reconhecimento internacional, principalmente em Buenos Aires, onde se apresentou no Club de Astor Piazzolla, na Noche Club e no Teatro Maipu.

Na década de 70 fez vários shows musicais com o Rio Bossa e Balanço e o Gemini V, permanecendo em cartaz por mais de dois anos. Gravou três discos do Gemini V e um no México, com a gravadora Capitol. A partir de então assume totalmente uma carreira internacional. No México, permaneceu por cinco anos.

De volta ao Brasil, recebeu da crítica e do público o título de Melhor Cantora de Jazz por sua incrível habilidade de improvisação e scat. Fez turnês pelo Brasil, e retomou sua estrada internacional em toda América Latina, Europa e América. Em Nova York, onde fixou residência e reside até hoje, o jazzman Paquito D’Rivera gravou uma canção em homenagem a ela, com o tema “For Leny”, composição de Daniel Freiberg. Lá se apresentou nas principais casas de espetáculos: Blue Note, Town Hall, Ravinia, KUmmbwa Jazz Club e Lincolm Center.

Seu disco “Mayden Voyage”, produzido por Fred Hersch, foi considerado em 1994 o melhor disco de jazz pelo Village Voice. Gravou alguns CDs com César Camargo Mariano e realizou ao lado de Romero Lumbano um álbum em homenagem ao músico Luizão Maia, que a acompanhou em várias turnês internacionais.

No show do Teatro da Caixa Leny será acompanhada por Fernando Merlino (piano),  Lúcio Nascimento (baixo) e Erivelton Silva (bateria).

Serviço

Espetáculo: Show de Leny Andrade

Local: Teatro da Caixa

Data: 05 a 07/09/2008

Horários: Sexta e sábado às 21h e domingo às 19h 

Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Edifício Sede II

Recepção: 2118-5111

Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00 (clientes, idosos e estudantes)

Classificação etária: Livre