Em Santa Maria, no Peru,
Guevara (Gael Garcia Bernal) e Granado (Rodrigo de La Serna).

A bordo da motocicleta La Poderosa II, o jovem Ernesto Guevara viaja com o amigo Alberto Granado por Argentina, Chile… A paisagem vai mudando a cada trecho deixado para trás. Mesmo quando o veículo quebra, antes de chegarem ao Peru, e os dois viajantes se vêem obrigados a seguir caminho a pé ou de carona, não desistem da jornada. Esse gostinho que fica para quem assiste a Diários de motocicleta vem acompanhado também de uma melodia que não sai da cabeça do espectador.

São Paulo – Autor de Al otro lado del río, canção original do filme de Walter Salles – e a primeira em língua espanhola a ganhar um Oscar, este ano – Jorge Drexler se apresenta quinta (2) no Tom Brasil-Nações Unidas, em São Paulo. O músico esteve no Brasil no ano passado, mas cantou para platéias pequenas. Justiça seja feita. Foi durante o Oscar que ele atingiu o auge da carreira. Impedido de interpretar sua própria música – a organização colocou em seu lugar o ator espanhol Antonio Banderas ao lado do guitarrista americano Santana – ele apenas cantarolou o refrão ao receber a estatueta.

Aclamado como um dos maiores cantores e compositores da música hispânica, o uruguaio já ganhou outros prêmios: estão em sua prateleira um Grammy Latino e um Gardel, de 2003. Suas composições têm sido gravadas por artistas de outros países, do brasileiro Paulinho Moska à sueca Neneh Cherry. Ao que tudo indica, sua mais nova parceira será Maria Rita, que está selecionando repertório para seu segundo CD, produzido por Lenine.

Serviço – Jorge Drexler. Tom Brasil – Nações Unidas (2.400 lug.). R. Bragança Paulista, 1281, Sto. Amaro, 2163-2000. São Paulo. 5.ª (2), 22h. R$ 40 a R$ 100. CCs.: todos. Estac. c/ manobr.: R$ 15.