Os irmãos Iara, de 26 anos, e Leonardo Souto, de 17, homenagearam seus pais, que têm deficiência auditiva, tatuando “eu te amo” e “família” em Libras, a Língua Brasileira de Sinais.

A mulher tatuou as duas mensagens na parte de trás do braço e o rapaz no peito esquerdo:

Segundo eles, isso é uma forma de demonstrar o ‘amor infinito’ e o reconhecimento que sentem pela mãe e o pai.

Esta não é a primeira vez que o afeto vira sinônimo de tatuagem. Em março de 2018, uma jovem achou um bilhete que a avó lhe escreveu anos antes de morrer e resolveu tatuá-lo. Leia aqui.