Os pianistas Daniil Trifonov e Nicolai Lugansky, a Orquestra Sinfônica de Bamberg, o Quarteto Hagen e o tenor Piotr Beczala (com concerto extra-assinatura) são destaques da temporada 2020 da Cultura Artística.

O ano começa com música de câmara, com recitais em março o Trio Wanderer. Em seguida, em abril, apresentam-se a Orquestra de Câmara Nouvelle Europe, com regência de Nicolas Krauze e solos da violinista Alena Baeva; e o Quarteto Hagen.
Em junho, duas atrações. A primeira é Trifonov, um dos grandes nomes do piano da atualidade. E a segunda, a Orquestra Nacional Russa, com regência de Kirill Karabits e solos de outra estrela do piano: Nicolai Lugansky.

Em setembro, o violoncelista Gautier Capuçon faz recitais com o pianista Jérôme Ducris; e a Orquestra Sinfônica de Bamberg toca com o maestro Jakob Hrusa e o pianista Piotr Anderszewski. Mais piano em outubro, com recital solo de Khatia Buniatishvili. E em seguida o contratenor Philippe Jaroussky volta ao país acompanhado da orquestra Le Concert de La Loge. Encerra a temporada de assinaturas a Academy of Saint Martin in the Fields com se diretor, o violinista Joshua Bell.
A venda de assinaturas para a temporada internacional de concertos na Sala São Paulo tem preços que vão de R$ 500 a R$ 3.800. Mais informações podem ser obtidas pelo tel. 3256-0223 ou no site www.culturaartistica.org.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.