O cantor, compositor e multi-instrumentista Humberto Gessinger apresentou nesta semana a “cara” de seu novo trabalho intitulado “Não vejo a hora”, o primeiro de inéditas após seis anos. São 11 faixas apresentadas aos fãs nos formatos CD, LP e no inusitado K7, para os bem saudosistas e fãs colecionadores. A pré-venda começa na próxima segunda-feira (16).

Todas as músicas são inéditas e têm a marca de Gessinger, um dos mais completos músicos do país. Parte das faixas foi gravada com um trio acústico (Gessinger  na viola caipira, Nando Peters no baixo acústico) e Paulinho Goulart (acordeon) e outra parte com o clássico “power trio” (com o gáucho no baixo de seis cordas, Rafa Bisogno na bateria e Felipe Rotta na guitarra).

A atual turnê já apresenta shows com estas formações. “Desde o início, saquei que o material pedia uma produção ágil, rápida, pra que a força das composições não se perdesse em firulas no estúdio… foi o que a gente fez. É um disco mais linear, mais focado na simplicidade dos trios”, comentou Gessinger.

As composições têm parcerias com Duka Leindecker, Bebeto Alves, Felipe Rotta, Nando Peters e Esteban Tavares. Além da mídias físicas, o trabalho também será disponibilizado em plataformas digitais. O lançamento das mídias físicas será do dia 11 de outubro. A primeira música de trabalho deve ser lançada nos próximos dias.

A pré-venda será no site Stereophonica.

gessingercapaecontracapa
Capa e contracapa do CD “Não vejo a hora”. Foto: Divulgação