Na última segunda-feira, 19, um homem da Argélia foi sentenciado a dois anos de prisão por ter colocado seu primo, um bebê, em risco para ganhar curtidas no Facebook.

Ele publicou em seu perfil uma foto em que segurava o bebê pela roupa, na janela do 15º andar de um prédio, com a legenda: “Mil curtidas ou eu solto ele”. Na imagem, a criança aparentava estar muito assustada.

Ao verem a publicação, muitos internautas denunciaram o homem e pediram que ele fosse acusado de maus tratos. No julgamento, porém, o acusado disse que a foto era uma montagem feita no Photoshop.

Em entrevista ao jornal local Algeria’s Ennahar, ele disse que a janela tinha barras de proteção que foram removidas por usuários do Facebook ao compartilharem a imagem. Entretanto, o júri não se convenceu da explicação do réu, que foi condenado à prisão.