Um evento inédito no país estará acontecendo de 6 a 26 de junho no Paraná: os Corredores Culturais do Mercosul, promoção do Centro Cultural Teatro Guaíra e da Rede Cultural do Mercosul. O projeto contará com apresentações de grupos teatrais da Argentina, Bolívia e Uruguai numa turnê envolvendo 22 cidades paranaenses, incluindo a capital. Simultaneamente aos Corredores será realizada em Curitiba a Mostra em Língua Espanhola, cujos espetáculos também poderão ser vistos no Festival Internacional de Londrina (FILO).

O lançamento oficial da Mostra e dos Corredores Culturais ocorreu nesta segunda-feira (30) durante um café da manhã, na sala de exposições do Teatro Guaíra, em Curitiba. A apresentação foi feita pela diretora-presidente do CCTG, Nitis Jacon, que fez uma explanação geral sobre a filosofia e o desenvolvimento desses projetos. Estiveram presentes ao encontro, além da imprensa local, representantes culturais de Campo Mourão, Ponta Grossa, Castro e Telêmaco Borba.

Na oportunidade foram mostrados ainda os números de localidades que estão participando do Programa Paranização, investimento também criado pelo Teatro Guaíra, que visa o incentivo e a descoberta de talentos artísticos nos municípios.

Nitis Jacon traçou o roteiro por onde os grupos passarão, perfazendo mais de 100 apresentações. Integram esse trajeto – além de Curitiba – as cidades de Andirá, Antonina, Apucarana, Arapongas, Astorga, Bela Vista do Paraíso, Campo Mourão, Cascavel, Castro, Foz do Iguaçu, Ibiporã, Jacarezinho, Lapa, Loanda, Londrina, Maringá, Paranavaí, Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Toledo e Umuarama.

O público dessas localidades terá oportunidade de assistir às seguintes montagens: "Antígona, la necia", com o grupo Teatro del Bardo, da Espanha; "Podés Silbar?", com o grupo Atacados (… Por el Arte), da Argentina; "Feroz", com o grupo El Candado Teatro, da Argentina; "El Viaje", com o grupo Paracultural de la Selva/ Hasta las Manos Teatro & Títeres, da Argentina; "Ojos de Tango", espetáculo de dança, com o grupo Tango Bus, da Argentina; "Musas", com o grupo Opsis Teatro, da Bolívia; "En Cueros…" com o grupo Teatro La Oveja Negra, da Bolívia; "Al Son del Vuelo", com o grupo Compañía Uruguaya de Mimodrama Mimonarcas, do Uruguai; "Por la Ventana del Alma", com o mesmo grupo uruguaio.

Em Curitiba, a Mostra em Língua Espanhola, que ocupará as salas do Teatro Guaíra, contará com as seguintes atrações: "Celeste Flora" com o grupo Albanta Teatro, da Espanha; "Gemelos", com o grupo Laura&Zagal" (ex-integrantes de La Troppa), do Chile; "Em um Sol Amarillo", com o grupo Teatro de Los Andes, da Bolívia, "Salt", com o grupo Odin Teatret, da Dinamarca (espetáculo falado no idioma italiano), "La Estupidez", com o grupo El Patrón Vásquez, da Argentina.

As atividades não param por aí. De 24 a 26 de junho estarão reunidos no mini-auditório do Teatro Guaíra representantes dos grupos visitantes, secretários municipais de Cultura das cidades integrantes que formam os Corredores Culturais e o conselho diretor da Rede Cultural do Mercosul – atualmente presidido pelo argentino Rubén Betbeder – para discutir o papel dos Corredores Culturais no contexto atual, quais os resultados obtidos, seus erros e acertos para que haja aperfeiçoamento em promoções futuras.