Trabalhos de 15 artistas, todos iniciados no Centro Cultural Solar do Barão – Museu da Gravura Cidade de Curitiba, serão expostos em Cuiabá em setembro. A exposição Gravuras, que será aberta na quinta-feira (8/9), às 20h, permanece na Galeria Mato-Grossense de Artes Visuais, na Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso, até 30 de setembro.

São gravuristas cuja formação foi lapidada no Museu da Gravura Cidade de Curitiba, que atua há 25 anos na instância das artes gráficas, explorando este rico território da expressão artística, por meio de ateliês de xilogravura, litografia, serigrafia e gravura em metal. Desses ateliês saíram nomes representativos das artes gráficas paranaenses, sendo que boa parte desses gravadores atua hoje como professores universitários e em escolas de artes, compartilhando os conhecimentos.

Os artistas que participam da mostra são: Lahir P. Ramos, Loizel Guimarães da Silva, Eliana da Silva Araújo, Dulce Osinski, Juliane Fuganti Casagrande, Everly Giller, Glauco Menta, Edénei Brizot, Izabella Zanchi, Maria Lúcia de Julio, Lea Sprenger, Denise Roman, Luiz Carlos Rettamozo (Retta), Violeta Franco e Edilson Viriato. Premiações no Brasil e até no exterior, cursos em diferentes países, exposições várias e reconhecimento internacional engrossam o currículo coletivo desses artistas, cujas obras o público mato-grossense terá a oportunidade de ver pela primeira vez. A exposição foi uma iniciativa coletiva dos próprios artistas que, após convite recebido pelo Centro Cultural Solar do Barão, optaram por, em conjunto, estabelecer seus próprios critérios curatoriais, o que levou a um processo de seleção harmônico e representativo da cidade de Curitiba.