Se antes os ídolos musicais da juventude figuravam nas capas das revistas, hoje eles estrelam seus próprios vídeos em seus canais no YouTube, conquistando milhões de seguidores com covers e criações autorais dos mais variados gêneros. Em 2018, vários desses artistas vão se unir no Festival Teen, evento que quer levar os talentos da plataforma para além da esfera digital.

Eles não ocupam as listas dos artistas mais tocados nas rádios, não costumam aparecer em programas televisivos e podem ser pouco conhecidos pelo público maior de 18 anos, mas não dá para negar que seus números são gigantes: os 11 artistas que compõem o line up do festival acumulam mais de 1 bilhão de visualizações no YouTube e os canais de alguns deles ultrapassam os 8 milhões de inscritos.

O festival já havia divulgado seu line up há alguns meses, mas, recentemente, fez uma parceria institucional com o YouTube, que trouxe novidades e diversidade à lista de confirmados, como a funkeira Dani Russo, o sertanejo Zé Felipe, o trio de reggae Big Up, o romântico Jão e o fenômeno pop Iza. Ela, aliás, não compareceu à coletiva de imprensa realizada na terça-feira, 28, em São Paulo, por estar cantando em evento da União Brasileira de Compositores em homenagem a Gilberto Gil.

Além dos novos nomes, o festival vai contar com apresentações dos anteriormente confirmados Sofia Oliveira, Mariana Nolasco e Pedro Pascual, Ana Gabriela e Gabriel Elias, Trio Yeah, Vitor Kley, João Guilherme e a dupla de DJs Audax.

“Obviamente o YouTube é importante, é grande, dá visibilidade e abre portas para os artistas, mas nada substitui a interação entre fã e artista que acontece ao vivo, aquela coisa do show, de ouvir a música e se engajar, e apoiar o festival faz parte disso. A ideia é que eles tenham um palco para tocar, interagirem com os fãs e levá-los para além do digital”, disse Walter Venício, gerente de parcerias de música do YouTube Brasil, ao E+.

Mariana Nolasco, que começou a publicar covers na plataforma em 2011 e já lançou algumas músicas autorais, acredita que o principal trunfo de um show é poder ver os “likes” se transformarem em “aplausos e sorrisos”. “Não tem curtida, tem um sorriso, tem um olhar, um aplauso, que mostra que você está indo bem. Você vê a emoção das pessoas mesmo, o carinho. Além disso, no ao vivo tudo tem que ser perfeito. No vídeo, sou apenas eu e a câmera e, se eu errar, posso fazer várias vezes, e no show não”, disse.

Já para Jão, que lançou recentemente o clipe de sua música autoral “Ressaca”, disse que o YouTube o ajudou a se conhecer como artista. “Eu sempre gostei muito de produzir os vídeos, de pensar na parte estética, de pensar em como eles traduziriam a música de uma maneira coerente. Mas os vídeos e os shows são coisas diferentes, o palco é uma entrega, o YouTube é outra, mas os dois são complementares, os vídeos me ajudaram muito a me conhecer e a me ajudar a ser um artista melhor no palco”, falou.

O Festival Teen ocorre no dia 10 de março de 2018 no Audio, na Barra Funda, zona oeste da capital. O evento terá apresentação dos youtubers Foquinha e Carlos Santana e os ingressos começarão a ser vendidos em breve.