enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Festival do Teatro Lala Schneider completa dez anos de sucessos

  • Por Jornalista Externo

Começa nesta sexta-feira (03/11) o X Festival do Teatro Lala Schneider, evento que já vem se tornando tradicional no cenário curitibano das artes cênicas. O Festival mostra os trabalhos dos alunos e diretores do curso mantido pela Fundação Teatro Lala Schneider. Serão 14 espetáculos apresentados de terça a domingo em variados horários, no próprio teatro Lala Schneider e na Sala Edson D´Ávila (anexa ao Lala).

Quando João Luiz Fiani idealizou o primeiro Festival do Teatro Lala Schneider, em 1997, não poderia imaginar a dimensão que o evento teria, nesses 10 anos de história. Naquele tempo, o festival chama-se Dezembro Mostra de Teatro, e durava apenas três semanas no último mês do ano, hoje são quase 40 dias de evento, já a partir do início de novembro, no qual serão mostrados 14 espetáculos diferentes. São aproximadamente 250 pessoas envolvidas diretamente, entre atores, professores, diretores, técnicos e etc. Enfim, um evento consolidado.

Nos dez anos de história do Festival já foram montados grandes clássicos da dramaturgia mundial e nacionaç, como Shakespeare, Ionesco, Nelson Rodrigues, Moliére, Caio Fernando de Abreu, Martins Pena, García Lorca, Dias Gomes, Peter Weiss, Oscar Wilde, entre outros tantos.

Pelo Festival já passaram diversos alunos que hoje são profissionais consagrados e com uma sólida carreira fruto do profissionalismo com que a Fundação encara seu curso. Alguns ex alunos do Teatro Lala Schneider atuam hoje no cenário nacional como por exemplo Cássio Scarpim e a grande Marjorie Estiano, que começou no Lala e foi a vencedora do troféu de melhor atriz no Festival de 1999 com o Espetáculo ?Clarice?, texto de Tony Silveira, baseado na obra de Clarice Lispector e dirigido por Eduardo Dias.

Outros ex-alunos tornaram-se professores do curso e hoje estão à frente de grandes montagens revelando novos talentos. Alguns exemplos são Marcyo Luz, premiado duplamente como melhor ator de 2002 (júri popular e oficial), Sônia Bacila, vencedora do prêmio de melhor texto e melhor espetáculo de 2003 e Jader Alves que em 2001 ainda como aluno, recebeu o troféu de melhor ator pelo espetáculo ?Quem tem medo da família Adams? e em 2002 já como diretor, recebeu o troféu de melhor espetáculo por ?TODOS OS HOMENS DO SENHOR NELSON?, baseado na obra de Nelson Rodrigues; mais recentemente, em 2005, Alves dirigiu ?SALOMÉ?, de Oscar Wilde, um espetáculo recordista na história do Festival do Lala, recebendo 6 troféus dos 9 a que foi indicado.

Outro recordista do evento, é Marino Jr. que obteve em 3 edições consecutivas (1998, 1999 e 2000) o prêmio duplo de melhor diretor e melhor espetáculo: Dorotéia, Visões e Reza Uma Prece (respectivamente). Novamente em 2004, Marino foi duplamente premiado como melhor diretor e melhor espetáculo com o primoroso ?Hino Poético Sobre Os pequenos acontecimentos de cada dia"?, baseado na obra de Thorton Wilder e em 2005, Marino dirigiu o contundente ?Oratório em 11 cantos?, que também ficou com o prêmio de melhor espetáculo, além de melhor ator no voto popular (Marcelo Capone) e melhor atriz no voto oficial (Adriana Sottomaior).

Neste ano o Festival traz grandes clássicos da dramaturgia universal, como William Shakespeare, que será encenado por três diretores: Chico Nogueira, que faz uma leitura do jogos de interesse por trás dos personagens Shakespeareanos em: O Jogo do Poder Segundo William Shakespeare; Sônia Bacila e Jader Alves adaptaram clássicos do Bardo Inglês para crianças, são eles: O Amor de Romeu e Julietinha e Sonho de Uma Noite de Verão; Alves adaptou ainda As Alegres Comadres de Windsor, que nessa versão irá chamar-se ?As Vizinhas do Condomínio?. Também estarão presentes no festival, textos clássicos da dramaturgia grega antiga, como Prometeu Acorrentado (Ésquilo) e Só Para Mulheres (Aristófanes). Esses são apenas alguns exemplos de tudo que vem por aí. O Festival ainda trará adaptações de obras literárias modernas e contemporâneas, musicais, etc..

?São 10 edições do nosso Festival, elas trazem muitas lembranças, muitas alegrias, algumas lágrimas, muito sucessos; mas o que mais importa é ver o congraçamento e o empenho de nossos alunos/atores, para fazer do Festival do Lala uma grande festa e ao mesmo tempo uma mostra dos talentos produzidos por nosso curso?, comemora João Luiz Fiani ao ver seu evento consolidado nessa 10a. edição.

Serviço:
X Festival do Teatro Lala Schneider
De 03/11 a 11/12 – Espetáculos diariamente de terça a domingo em diversos horários (acompanhe a programação pelo site www.teatrolala.com). Textos clássicos e contemporâneos, dramas, comédias, musicais, peças infantis, etc. Teatro Lala Schneider ? Rua 13 de Maio, 629 ? Horários variados, Ingressos R$ 12,00 (inteira), R$ 10,00 (bônus) e R$ 6,00 (estudantes e idosos).

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas