Na última noite do 22º Festival de Teatro de Cascavel, quinta-feira (26), aconteceu a premiação da Competição Infantil e Adulto. Foram concedidos bonificações em dinheiro no valor de R$ 1 mil para o melhor espetáculo em cada categoria, além troféus para o melhor ator e atriz (principal e coadjuvante), diretor, cenário, sonoplastia, figurino, iluminação e texto original. Nove grupos participaram das competições. Os jurados convidados foram Luiz Varine, Jair Pereira e Estefano Anzoategui.

Na categoria Infantil o prêmio de melhor Espetáculo foi para a peça Peter Pan, da Cia Burra de Teatro (Guapiaçú – SP). Esta peça também foi premiada como melhor Direção (Perpétuo Peralta), melhor Ator (Luiz Tiago da Mota), melhor Ator Coadjuvante (Abdiel Ferreira), Cenário, Figurino e Iluminação (Perpétuo Peralta). O Grupo Androceu (Cascavel) recebeu prêmios de melhor Atriz (Gabriela Muller), melhor Sonoplastia e Texto Original (Andréa Sulzback), com o espetáculo Mundo Quase Encantado. Ângela Brito, do grupo Kabala Cia Teatral (Cambé – PR), recebeu o prêmio de melhor Atriz Coadjuvante com a peça Caldeirão das Bruxas.

Na categoria Adulto, a peça Bandeira Demais, do Grupo Teatral Águas Claras (Goioerê – PR) foi premiado como melhor Espetáculo. Melhor Direção (Meyre Gonçalves), Sonoplastia (Edilso Schwab) e Cenário (Adauto/Edilso/Cláudio) também foram para esta peça. Os Personagens Esquecidos, do Grupo Hierofânico Cia de Teatro Unipar (Cascavel), recebeu os troféus de melhor Ator (Sidnei de Oliveira), Iluminação (coletivo) e Texto Original (André Luiz Pelegrini). Jeferson Leandro, do grupo Actus Cênikus (Cascavel) recebeu o prêmio de melhor Ator Coadjuvante pela peça A Paixão de Casanova. O grupo Cia teatro Apogeu (Astorga) foi contemplado com o prêmio de melhor Atriz (Gyl Salmeirão) e melhor Figurino (Pedro Ochoa), na peça Quem Casa Quer Casa. A realização é da Prefeitura de Cascavel através da Secretaria da Cultura. Mais informações pelo telefone (45) 3222-3458 (coordenação).