Cerca de 700 dançarinos do sul do país se reúnem entre os dias 15 e 16 de novembro, na cidade de Mallet, Centro-Sul do Paraná, para apresentar o que há de melhor no repertório de cada grupo folclórico ucraniano do Brasil. O evento é o único do gênero na América Latina e uma ótima opção para quem busca um programa diferente neste feriadão.

O Festival Nacional de Danças Ucranianas, cada ano realizado em uma cidade-sede, chega a sua 26ª edição voltando às origens. Em Mallet, desembarcaram os primeiros imigrantes do país europeu, no final do século XIX. Hoje, o número de descendentes da cultura passa de um milhão de brasileiros. No primeiro dia, no Parque dos Imigrantes, houve venda de comidas típicas e artesanato e exposição de peças de artistas locais, além de apresentações folclóricas no período da tarde. Ainda foram realizadas apresentações e uma grande roda de Korovay, uma dança ritual/típica de casamentos.

Já no sábado, no Ginásio de Esportes, a partir das 19h, os 20 grupos participantes do evento trazem novas apresentações folclóricas, mostrando o resultado de um ano de trabalho intenso na preservação da cultura ucraniana.

É a terceira vez que Mallet sedia o Festival Nacional de Danças Ucranianas. Na cidade, está localizada a igreja São Miguel Arcanjo, primeira igreja no estilo do país europeu do Brasil, tombada pelo patrimônio histórico e cultural. A construção serviu de base para a réplica que está no centro do parque Tingui, em Curitiba.

Mallet fica distante cerca de 200 km de Curitiba. Uma boa opção para quem se interessa pela aventura é passar antes no Recanto dos Papagaios, depois seguir para Mallet pela BR 277, sentido Guarapuava.