Foto: Divulgação

A banda gaúcha Engenheiros do Hawaii apresenta show do Acústico MTV.

A banda gaúcha Engenheiros do Hawaii volta a Curitiba com o show do Acústico MTV, depois de amanhã, dia 8 de setembro, no Curitiba Master Hall. Na bagagem, os sucessos que marcaram os 20 anos de carreira sem interrupção, hits como O papa é pop, Infinita highway e Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones, são algumas das canções que prometem embalar o público da capital paranaense. O início do show está previsto para as 23h30 e a abertura da casa será às 22h.

O álbum, que entra na lista dos 16 discos encabeçados pelo gaúcho Humberto Gessinger, reúne as canções que marcaram a trajetória artística do Engenheiros do Hawaii. Os fãs da banda também poderão curtir as músicas Terra de gigantes, Refrão de bolero, Somos quem podemos ser, entre outros sucessos. Com mais de 5 milhões de cópias vendidas, o Engenheiros do Hawaii continua firme na estrada, fazendo em média dez apresentações ao mês, passando por diversas cidades brasileiras, com o privilégio de ter os shows sempre lotados.

O MTV ao Vivo possui um formato desplugado, na qual Gessinger procurou resgatar e até recompor parte das canções que retratam a trajetória artística. ?Desde o início, eu não queria um acústico superproduzido, ficava pensando como encontrar a proporção certa. Me senti muito à vontade com esses arranjos, foi quase como voltar ao começo, à forma como as músicas nascem pra mim?, define Humberto. Gessinger e os músicos Paulinho Galvão, Fernando Aranha, Bernardo Fonseca, Gláucio Ayala e Humberto Barros, foram responsáveis pela gravação do MTV ao Vivo, reunindo sucessos do final dos 80s, algumas canções-lado-B do Humberto Gessinger Trio e a produção musical mais recente dos Engenheiros do Hawaii.

Redesenharam um mosaico inconteste do talento de hitmaker de Gessinger. ?Foi curioso constatar que o repertório reúne canções de três décadas. Me dá um certo conforto ver que a minha produção musical foi contínua e que está aí, até hoje?.

Os convidados também afinam com o tom ?caseiro? que Humberto buscou desde o início. Baterista da formação original da banda, Carlos Maltz terça vozes na canção Depois de nós (Maltz), gravada por ele em um disco independente em 2001. A voz que se ouve na gravação de Pose (Gessinger, 1992) é de sua filha, Clara Gessinger, doze anos. ?Eu não sabia no que iria dar até que ela chegou no ensaio, no Rio, colocou o fone e começou a dar instruções. Desse momento em diante, não consegui mais ouvir a música sem ela?, atesta o pai-coruja. Pela primeira vez, os Engenheiros contaram com Lincoln Olivetti na regência e arranjos de cordas nas gravações de Dom Quixote (2003), Vida real (1996), Surfando Karmas e DNA (2002) e na inédita Outras freqüências (2004). ?Quando ele chegou ao estúdio e ouviu a gente tocar Vida real, já saiu assobiando uma linha melódica, de primeira?. Humberto alterna violões, bandolim, gaita e teclado.

As duas inéditas do CD – Armas químicas e poemas e Outras freqüências, pintaram no meio do processo, durante os ensaios, e acabaram se impondo à vontade inicial de não incluir canções novas no projeto.

Ficha técnica:

A formação atual é Humberto Gessinger (voz/ violão/ viola/ bandolim/ piano/ harmônicas), Gláucio Ayala (bateria/backing vocal), Bernardo Fonseca (baixo), Fernando Aranha (violão) e Pedro Augusto (teclados).

Show Engenheiros do Hawaii. Produção local: Julio StarPhone Data: 8 de setembro, a partir das 23h30 Local: Curitiba Master Hall (Rua Itajubá, 143 Portão), telefone: (41) 3248-1001. Pontos de venda: Disk Ingressos (3315-0808), Armazém do CD, Lojas Sumatra e Michelli Board Shop.

Informações: (41) 3322-6116, 3315-0808 ou 3248-1001.