Embaixador do techno sueco, o DJ Adam Beyer, que se apresenta amanhã pela primeira vez em Curitiba, vive um período de contradição em suas produções. Se em meados dos anos 1990 ele despontou marcado pelo perfeccionismo e pela sua predileção ao computador e o digital, agora Beyer afirma que sua relação com a música eletrônica anda um tanto esquizofrênica. ?Ainda tenho um pé no que eu costumava ser, mas o outro está um passo à frente e quer ir em direção a outro lugar??, conta.

Prova disso é o título do seu último disco, A walking contradiction (Contradição ambulante), notadamente marcado pelo minimalismo, e considerado por Beyer um de seus melhores trabalhos. ?Esse disco define onde estou no momento, fazendo referência aos meus sentimentos com relação a como continuar a me expressar e ficar feliz com o que faço?.

Em entrevista via e-mail ao Almanaque, Beyer, que há quinze anos atua como DJ e produtor, faz uma análise da dancemusic atual, afirmando que o estilo anda em círculos, e o motivo de seu questionamento atual, é que sentia que o material que estava fazendo estava sem inovação. ?Por isso escolhi o minimal. Mas essa é a beleza com a música: ela está sempre em constante movimento e mudança??.

Tanto é assim que o DJ avisa que quem não tem acompanhado seu trabalho de perto nos últimos dois anos, pode ter uma surpresa ao ouvi-lo discotecar na festa de dois anos do Stereo Pub. ?Mas sou muito versátil e não gosto de desapontar. Espero ansiosamente por essa festa!??, avisa.

Serviço:
Adam se Beyer se apresenta em Curitiba amanhã, na festa de dois anos do Stereo Pub, no Rancho Mattei Manzi. Ingressos a R$ 15 (feminino) e R$ 20 (masculino). Telefone: (41) 3233 6777.