enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Hardcore

Dead Fish lança álbum em Curitiba e ‘solta o verbo’ contra governo Bolsonaro

Pela primeira vez com uma nova formação, banda se apresenta neste sábado, no Usina 5

  • Por Diogo Souza
Nova formação da Dead Fish. Foto: Divulgação.

Porrada sem ‘caô’. “Ponto Cego”, novo álbum da banda Dead Fish, segue com a marca do grupo, mesmo com uma formação diferente. O projeto será apresentado aos curitibanos neste sábado, às 21h40, no Palco Budweiser da Usina 5, pelo Festival Dia Mundial do Rock, do bar Crossroads.

Sem o baixista Alyand, que deixou a banda no final do ano passado por problemas de saúde, a Dead Fish desembarca em solo curitibano com Igor Tsurumaki, conhecido por seus trabalhos em outros grupos de hardcore, como a curitibana Sugar Kane.

E a pegada continua a mesma de 28 anos atrás. “Vamos a Curitiba faz muito tempo, vimos gerações passarem na nossa frente, se não me engano essa já é a terceira geração de molecada que vemos nos nossos shows aí. Curitiba foi uma das primeiras capitais que tocamos fora do Espírito Santo”, disse o vocalista Rodrigo Lima, em entrevista exclusiva à Tribuna.

Curitiba vai receber uma banda que tem a sua posição política bem definida. No álbum “Ponto Cego”, as referências são o impeachment da petista Dilma Rousseff e as últimas eleições brasileiras, que terminaram com a vitória de Jair Bolsonaro.

View this post on Instagram

Estamos chegando Curitiba/PR! 🤘🏻🤘🏻🤘🏻

A post shared by Dead Fish (@deadfishoficial) on

“Fomos golpeados por uma direita neofascista apoiada por velhos oligarcas locais. Estamos fazendo nossa parte e pela nossa música denunciando esse momento”, frisou o músico. Rodrigo comemorou a aceitação do novo projeto, lançado em maio deste ano.

“Estamos muito felizes com o resultado do álbum. Desde a gravação, produção, mixagem, masterização e arte. Tudo nos agradou muito, muitas pessoas ajudaram e todas deram seu melhor de verdade, é perceptível quando um monte de gente vem falar do álbum e de como ele tem repercutido bem, até meio fora da bolha do Punk/hc”, ressaltou o vocalista.

Serviço:

Show Dead Fish (21h40) – Dia Mundial do Rock

Sábado (13/07/2019) – Usina 5 – R. Constantino Bordignon, 05 – Prado Velho

Ingressos: https://www.eventim.com.br/dia-mundial-do-rock-crossroads-festival-curitiba-ingressos

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

7 Comentários em "Dead Fish lança álbum em Curitiba e ‘solta o verbo’ contra governo Bolsonaro"


William
William
7 dias 5 horas atrás

Quem?
Peixe morto? KKKK
3 bum buns expremedores de linguiça dando gritinhos histéricos?
KKKKKK

Blazy  of Glory
Blazy of Glory
7 dias 10 horas atrás

nem musica sabem fazer e querer dar pitaco em outros temas…

Roberson  Andrade Guimarães
Roberson Andrade Guimarães
7 dias 14 horas atrás

Nunca ouvi falar destes “cantorzinhos comunistas”. Acho que esqueceram de avisá-los que Curitiba não é nordeste, aqui é Bolsonaro e Moro 100%. Tá ruim, vá cantar em Cuba, Venezuela, Coréia do Norte. Lá é socialista, mas fica ruim sem dinheiro né. Kkkkk

Carlos
Carlos
7 dias 19 horas atrás

Comunista não tinha que tocar de graça?
Eles vão tocar num palco com o nome de cerveja norte-americana?
Acho que os “CUmunistas” de hj estão fugindo a regra…
hahahhaha

Tom Redblack
Tom Redblack
8 dias 2 horas atrás

“direita neofacista” hahahaha, acorda mané, quem vai curtir a sua banda são esses que você chama de direita neofacista ohbhurro, se depender dos mortadelas vocês morrem de fomeidiota!

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas