A atriz americana quer dirigir e
produzir seus próprios filmes.

A atriz americana Daryl Hannah admitiu que pretende abandonar sua carreira como atriz e dedicar-se inteiramente a dirigir e produzir seus próprios filmes.

Hannah, de 42 anos, revelou à revista feminina “Gala” que está cansada das reuniões com produtores, diretores e agentes cinematográficos. Além disso, ela acrescentou que não suporta mais promover seus filmes em estréias mundiais.

“Estou constantemente em reuniões com funcionários da indústria do cinema, tenho que parecer sempre interessada e conhecer o tempo todo pessoas novas em estréias cinematográficas. Estou demasiadamente cansada para continuar com esse tipo de vida”, disse a atriz.

Daryl Hannah protagoniza, junto com Uma Thurman, o novo filme de Quentin Tarantino, “Kill Bill”.

“A única coisa que me interessa fazer é produzir, escrever roteiros e dirigir. Mas não quero mais atuar, porque sinto que meu lugar é agora atrás das câmeras. Para mim, é cada vez mais difícil atuar e sinto que posso criar meus próprios filmes”, disse Hannah.

Ao ser perguntada por que continuou sua carreira como atriz durante tantos anos, a atriz respondeu: “Cada um tem seus próprios tempos. Muitas vezes custa bastante até alguém se dar conta de que o que está fazendo não é o que mais quer”.

Daryl Hannah se formou pela Escola de Teatro da Universidade do Sul da Califórnia e estudou também no Chicago?s Goodman Theatre.

Ela sofre de agorafobia, um medo mórbido e angustiante de lugares públicos e grandes espaços descobertos, que manteve em segredo durante muitos anos, temendo que pudesse comprometer sua carreira como atriz.