O ator Dado Dolabella foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) a pagar R$ 40 mil à camareira Esmeralda Honório, vítima de uma agressão cometida por ele em 2008. A decisão foi anunciada na quarta-feira (16). O advogado do ator, Michel Assef Filho, anunciou que vai recorrer da sentença.

 

Em 22 de outubro de 2008, Luana Piovani era noiva de Dado e estava com ele na boate 00, na Gávea (zona sul do Rio), para comemorar o lançamento de uma peça de teatro em que atuava. Eles discutiram e Dado teria tentado agredir Luana. A camareira Esmeralda, que trabalhava para Luana e também estava na festa, tentou intervir e foi atingida por Dado.