Pela celebração dos 100 anos de nascimento de uma das cantoras mais famosas do Brasil, o Centro Juvenil de Artes Plásticas (CJAP) abriu ontem, em Curitiba, a mostra Taí: Um tributo à Carmem Miranda.

São pinturas, desenhos, colagens e esculturas feitas pelos alunos do CJAP, que são crianças na faixa etária dos seis aos 15 anos. A Mostra vai até o dia 29 de janeiro de 2010.

A diretora do CJAP, Donata Barros Duarte, explicou que o trabalho é o resultado de um preparo minucioso feito com as cerca de 300 crianças. “Antes delas confeccionarem a mostra, nós ensinamos tudo que é ligado à Carmem Miranda, como a música, os filmes, o vestuário. E então exploramos dentro da linguagem artística o potencial delas”, contou.

Segundo Donata, tudo é planejado já no início do ano, quando professores e alunos se reúnem para decidir o que será priorizado. “Além dos 100 anos de seu nascimento, a Carmem Miranda é muito marcante para o Brasil, embora ela tenha nascido em Portugal, pois sempre viveu aqui. A mostra está muito bonita, pois a Carmem era colorida, vibrante, e os alunos mesmos trouxeram as frutas”, brincou.

Carmem Miranda (seu nome verdadeiro era Maria do Carmo Miranda da Cunha) nasceu em Portugal no dia 9 de fevereiro de 1909, mas veio para o Brasil já com um ano de idade. Tinha como apelido “Pequena notável”, e ficou conhecida em 1930 quando gravou a marcha Para você gostar de mim.

É também conhecida pelas músicas Tai, Aquarela do Brasil, O que é que a baiana tem?, Tico tico no fubá, e muitas outras. Fez muito sucesso nos Estados Unidos, e lá morreu, aos 46 anos de idade, do coração. Carmem era viciada em drogas, álcool e cigarro. O CJAP existe há 56 anos e é ligado à Secretaria Estadual de Cultura. Oferece gratuitamente cursos de pintura, desenho e teatro para crianças.

Serviço

Mostra Taí – Um tributo à Carmem Miranda. Exposição coletiva dos alunos do Centro Juvenil de Artes Plásticas, localizado na rua Mateus Leme, 56, em Curitiba. Em cartaz até o dia 29 de janeiro de 2010. De segunda à sexta-feira, das 9h às 18h. A entrada é franca.Informações: (41) 3323-7482.