guaira240205.jpg

O Teatro Guaíra recebe mais uma etapa
do projeto Teatro para o Povo.

Neste domingo, acontecerá mais uma etapa de apresentações de música e teatro dentro dos projetos Teatro Para o Povo – Verão Especial e Concertos Didáticos, do Centro Cultural Teatro Guaíra.

A Orquestra Sinfônica do Paraná dará continuidade, no Guairão, sob a regência do maestro Paulo Torres, ao concerto especial iniciado no último domingo, apresentando desta vez repertório do período romântico e moderno com as obras: Abertura do Balé As criaturas de Prometheus, op 43, de Ludwig van Beethoven; Sinfonia n.º 4 em la maior (Italiana), de F. Bartholdy Mendelssohn; Scène de ballet – Lago dos cisnes, de Piotr I. Tchaikovsky; Intermezzo da Ópera Pagliacci, de Ruggero Leoncavallo; A Pergunta sem resposta, de Charles Ives; Bachianas brasileiras n.º 4, de H. Villa-Lobos. O pássaro de fogo, de Igor Stravinsky e Tempos modernos, de Alexandre Brasolim de Magalhães, escrita especialmente para esta série.

Como aconteceu na última apresentação da OSP, antes de cada música a ser tocada haverá projeções sobre o compositor e de outras obras de arte do período. Uma gravação em off fará uma breve apresentação sobre o compositor. Para complementar, o maestro Paulo Torres contará ao público curiosidades sobre a obra e seu compositor. No palco, objetos referente ao período romântico e moderno estarão compondo a ambientação cenográfica.

Outros espetáculos

Nos demais auditórios estarão acontecendo simultaneamente as peças: O Auto da camisinha, do grupo Teatro de Imaginação, no Salvador de Ferrante, que aborda a prevenção de doenças sexualmente transmitidas. O assunto é tratado de forma humorada, utilizando imagens populares trazidas dos Autos e Folguedos na linguagem do Cordel. Terezinha – História de amor e perigo no Glauco Flores de Sá Brito, do Grupo Filhos da Lua. Bonecos e objetos animados contracenam numa aventura de extrema delicadeza, bom humor e beleza plástica, marcada pela presença de personagens do nosso universo mitológico e cantigas de roda que remetem ao mundo encantado dos jogos infantis. E Cartas de desamor no Teatro José Maria Santos, do Grupo Zerdax Cia. de Teatro, cujo tema são as relações humanas entre homens e mulheres. Os sentimentos de afetos e desafetos, cotidiano, lembranças, orgulho, tristezas, intrigas, alegrias, ciúme, solidão, medo, loucura e a dor da perda são enfocados neste espetáculo.

A entrada é franca mas o público poderá contribuir com a Campanha da Solidariedade em prol da Provopar, doando um quilo de alimento não perecível. Todos os espetáculos terão início às 11h.