enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Clérigos ortodoxos perdoam integrantes de banda punk

Cantoras foram sentenciadas por terem protestado contra presidente

Dois importantes clérigos da Igreja Ortodoxa da Rússia afirmaram hoje que perdoaram as integrantes da banda punk feminista Pussy Riot.

As cantoras foram sentenciadas ontem a 2 anos de prisão por terem protestado em fevereiro contra o presidente russo, Vladimir Putin, na principal catedral de Moscou.

Tikhon Shevkunov, chefe do Monastério Sretensky e suposto mentor espiritual de Putin, disse em pronunciamento na TV estatal que sua igreja perdoava as cantoras pelo protesto.

O clérigo Maxim Kozlov concordou com a declaração, mas disse que a igreja espera que as jovens e seus seguidores tenham consciência de que seus atos são “terríveis”.

Os dois, no entanto, apoiaram a decisão de processar as garotas, apesar de apelos da comunidade internacional, que criticou a decisão, afirmando que não era justa.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas