A Casa Hoffmann, Centro de Estudos do Movimento da Fundação Cultural, inicia neste sábado (11/03) a programação de workshops de 2006. O primeiro workshop será com a portuguesa Sofia Neuparth. Nos dias 11, 13 e 15, ela fará o workshop TMC (técnicas de movimento contemporâneo). Sofia também organizará Laboratórios de pesquisa de movimento, de 10 a 15 de março, das 16h às 20h.

Nascida em Lisboa, em 1962, Sofia é uma das criadoras do CEM ? Centro em Movimento, de Portugal, uma associação cultural sem fins lucrativos que se destina à formação, criação e pesquisa nas artes performativas contemporâneas.

?Estudo, ensino, crio e recrio movimento. Considero o performer como um ser total, consciente do seu corpo e mente inteirado da realidade que o rodeia?, diz Sofia. ?Não acredito em fórmulas fixas. Acredito no trabalho regular, no confronto de idéias, na interligação das artes e no bom humor.?

Sofia tem formação em dança clássica com o mestre Tony Hulbert. Durante seis anos fez estágios em Londres, no ?The Place?, e noutras escolas de dança contemporânea, onde teve a oportunidade de desenvolver trabalho com artistas como Robert North, Kazuku Hirabayashi, Lloyd Newton e Karen Burgin. Trabalhou voz com Mário Marques. ?Considero muito importante para o meu percurso na arte o trabalho desenvolvido no European Dance Development Center, em Arnhem, na Holanda?, diz.

Além da experiência como professora de grupos de alunos de toda a parte do mundo, Sofia teve ainda oportunidade de estudar com Eva Karckzag, Simone Forti, Martha Moore, Peter Hulton, Jim Fulkerson, Sally Silvers, Mary Fulkerson, Aat Hougeé e Lisa Krauss. Destacam-se também o trabalho como intérprete nas criações de Mary Fulkerson, Amélia Bentes, Peter Michael Dietz e Miguel Abreu.

O programa de workshops da Casa Hoffmann já está definido para o primeiro semestre. Em abril será a vez de Thomas Lehmen, da Alemanha, e das brasileiras Cinthia Kunifas e Mônica Infante. O americano Mark Taylor dará workshops em maio. Em junho, os professores serão Vera Sala e Rosa Hércoles, do Brasil.