enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Carreira internacional de Sandy e Júnior ameaça seriado

  • Por Jornalista Externo
A dupla, que pode
ficar sem programa ano que vem.

No meio da cidade cenográfica do seriado Sandy e Júnior, o diretor Paulo Silvestrini dá instruções ao elenco enquanto caminha de um lado para o outro. Com um microfone em punho, ele recomenda alegria e descontração. Afinal, a última gravação do ano é justamente a do clipe de réveillon do seriado, que vai ao ar no dia 29 de dezembro. Apesar do clima de festa e “zoação”, alguns atores deixam transparecer uma certa apreensão quanto ao futuro do seriado. Todos parecem ansiosos para saber se o programa continua ou não na grade do ano que vem.

Os prós são muitos. A começar pela audiência média de 16 pontos. Mas os contras também existem. E a carreira internacional da dupla é um deles. “Lá fora, ninguém conhece a gente. Por isso, temos de conquistar o público devagar. É como se estivéssemos começando do zero”, ressalta Sandy, enquanto aplica protetor solar na pele branquinha.

Por enquanto, não há nada definido. Só o fato de o contrato da dupla se estender por mais um ano. E que as duas partes – tanto a Globo quanto os filhos de Xororó -estão interessados na continuação do seriado. Para o diretor Paulo Silvestrini, a agenda internacional da dupla não chega a ser empecilho para a permanência de Sandy e Júnior na grade de 2003. “Tudo depende da negociação deles com a emissora. Apenas seria preciso definir outra agenda para as gravações. Atualmente, eles gravam duas vezes por semana”, observa o diretor.

O redator final do seriado, Ronaldo Santos, se diz acostumado à onda de boatos que assola o seriado todo final de temporada. Ano passado, lembra ele, foi a mesma coisa, quando a Globo transferiu as gravações de Campinas para o Rio. “Todo ano tem esse boato. Agora ficou mais sério porque eles têm a carreira internacional. Mas o programa é importante para eles também. Afinal, é um comercial semanal maravilhoso”, acredita. Pelo sim, pelo não, Ronaldo tratou logo de traçar o destino dos personagens da série. Basílio, por exemplo, compra a cobertura de Sandy e Júnior no condomínio, Laila torna-se empresária em Barretos, Paty realiza o sonho de virar atriz, Boca cai na estrada e assim por diante.

Enquanto isso, a Globo continua estudando algumas sugestões para o ano que vem. A transformação do seriado em “sitcom” é uma delas. Do atual elenco, apenas Paty, Basílio, Bete e Boca, interpretados por Fernanda Paes Leme, Wagner Santisteban, Karina Dohme e Igor Cotrim, respectivamente, continuariam na série.

A idéia de continuar no seriado agrada uns, mas desagrada outros. A atriz Fernanda Paes Leme encabeça a lista dos descontentes. Ela admite que já está mais do que na hora de seguir o exemplo de Paulinho Vilhena, ex-integrante do seriado que já se deu ao luxo de fazer uma novela na casa, Coração de Estudante, de Emanuel Jacobina. “A Paty já não acrescenta mais nada à minha carreira. Estou no piloto automático faz um tempão!”, desabafa ela.

O ator Wagner Santisteban, que interpreta o Basílio, é mais comedido. Ele ressalva que até continuaria no seriado, desde que o personagem sofresse alguma grande reviravolta. Mesmo assim, ele se diz espantado com a iniciativa de alguns fãs-clubes, que já providenciaram até abaixo-assinado pedindo a continuação do seriado na grade da Globo. Na dúvida, Wagner pretende continuar morando no Rio. “É aqui que as coisas acontecem. Essa transferência em definitivo para o Rio vai ser fundamental para a minha carreira”, analisa.

Para outros atores, porém, o seriado já faz parte do passado. Muitos deles, inclusive, já foram escalados para outras produções. É o caso de Graziella Schmitt, que interpreta a Laila. Ela já pode ser vista nas manhãs da Globo co-apresentando a TV Globinho. O ator Erik Marmo, que vive o Pedro, teve mais sorte. Ele já está confirmado no elenco de Mulheres Apaixonadas, a próxima novela das oito da Globo, escrita por Manoel Carlos. “Conheço bem minha profissão. Por isso, tenho os dois pés no chão. Sei que o papel só vai ser meu quando eu tiver assinado o contrato!”, desconversa Erik, cauteloso.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas