A cantora gospel Fabiana Anastácio, 45 anos, morreu nesta quinta-feira (4), após ter sido diagnosticada com o novo coronavírus. O anuncio foi feito em sua página oficial no Facebook. “Deus decidiu levar nossa Fabiana Anastácio para seus braços”, afirmou o comunicado.

Na noite de quarta-feira (3), a família havia informado que Fabiana estava internada na UTI. Seu quadro foi classificado como estável na ocasião, apesar de ela apresentar “um pouco de dificuldade para respirar”.

LEIA MAIS – Crise da covid-19 muda dia dos namorados: 37% não vão trocar presentes

A família da cantora havia iniciado uma vaquinha online nos últimos dias para ajudar a pagar os custos do tratamento, feito inicialmente num hospital particular de São Paulo. A vaquinha chegou a arrecadar R$ 15 mil. “A dor não escolhe cor, raça, status ou condição… Ela simplesmente surge e traz suas consequências”, dizia a campanha.

Carreira

Cantora e pastora, Fabiana Anastácio é de Santo André, na região metropolitana de São Paulo, e tem três filhos. O marido dela, o pastor Ruben Nascimento, chegou a ser diagnosticado com a covid-19, mas já se recuperou. Ela tem entre suas músicas mais conhecidas “Adorarei”, “Sou Eu” e “É Tudo Dele”.

VIU ESSA? – Paraná tem pior índice de isolamento após reabertura de shoppings e academias

Vários outros famosos também já foram diagnosticados com a covid-19. Entre os casos mais graves estão o do funkeio MC Dumel, 28, o da atriz Daisy Lúcidi, 90, e do cantor e compositor Aldir Blanc, 73, que morreram em decorrência dos sintomas.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?